You are here:  / Cardápios Especiais / Massas e molhos / Especial Dia 29: receitas para o Nhoque da Fortuna

Especial Dia 29: receitas para o Nhoque da Fortuna

MixDia29Nhoque_CozinhandoPara2ou1

O nhoque é uma preparação típica italiana que geralmente tem como base a batata ou a farinha de trigo. Tradicionalmente, costuma-se comer o nhoque nos dias 29 de cada mês, com a simpatia do “Nhoque da Fortuna”.

Conta a lenda que São Pantaleão, num certo dia 29 de dezembro, perambulava por um vilarejo da Itália vestido de andarilho. Faminto, bateu à porta de uma casa e pediu comida. A família era grande e tinha pouca comida mas, apesar disso, eles não se importaram em dividir o seu nhoque com o andarilho, cabendo a cada um 7 massinhas.

São Pantaleão comeu sua porção, agradeceu a acolhida e se foi. Quando a família recolheu os pratos, descobriu que embaixo de cada um havia sido deixado bastante dinheiro. Por isso, todo dia 29 é considerado o dia do Nhoque da Fortuna ou da Sorte.

O nhoque é acompanhado do famoso ritual de colocar alguma nota de dinheiro sob o prato, comer os primeiros sete pedacinhos em pé, fazer um pedido para cada um deles e depois sentar-se para saborear o restante do prato, de preferência com um bom vinho italiano. A nota colocada sob o prato deve ficar guardada até o próximo dia 29 para trazer fortuna ou sorte.

Como o dia 29 de fevereiro é uma data mais que especial e acontece somente a cada quatro anos, nada mais justo do que comemorá-la deliciosamente. E, se for com nhoque da sorte, melhor ainda: quatro vezes fortuna ou sorte!

Para juntar a fome com a vontade de comer, reuni todas as receitas de Nhoque já publicadas aqui no CP2ou1, assim você tem diversas opções para escolher.

Para começar, uma das versões mais tradicionais: o Nhoque de batata da vó Nair. Esta receita é tradicionalíssima nos almoços da minha família e já foi copiada do caderninho de receitas da vó Nair por muita gente. Como a internet está aqui para a gente multiplicar o alcance das coisas, esta é a minha contribuição para a humanidade. Ao lado dele, fica o Nhocão de batata recheado com cream cheese temperado.

Uma variação mais próxima da versão original é o Nhoque de batata baroa, que também pode ser servido como Nhoque de mandioquinha recheado com gorgonzola na manteiga de ervas.

Um pouco mais além, chegamos ao Nhoque de abóbora com carne seca e molho de tomates frescos, com uma combinação de ingredientes bem comum na nossa culinária brasileira.

Para quem quiser ousar mais ainda, uma excelente escolha é o Nhoque de milho verde, que também é uma alternativa a quem não pode (ou não quer) consumir glúten.

Agora, para quem quiser variar bastante o cardápio, há duas opções ainda mais especiais: o Nhoque de espinafre com molho de gorgonzola facílimo e o Nhoque de batata doce roxa com molho cítrico e camarões (calorias reduzidas, sem glúten, sem lactose).

E até quem está controlando a alimentação tem uma ótima sugestão, o Gnudi alla gremolata (nhoque de ricota com azeite aromatizado). Uma versão mais leve e saudável, mas não menos saborosa.

Qual é sua alternativa preferida para comemorar o ano bissexto com um belo prato de Nhoque da Fortuna?

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

seis − 5 =

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram