Você está aqui:  / Massas e molhos / Segunda Sem Carne / Nhoque gratinado com queijo cremoso

Nhoque gratinado com queijo cremoso

Se nhoque já é bom, este nhoque gratinado é maravilhoso!

Cozinhar, para mim, é remexer em um baú de memórias afetivas e resgatar lembranças de sabores e texturas que combinaram alguma vez na minha vida, que me remetem a algum momento especial ou que me transportam a algum lugar especial. É por isso que a cozinha é extremamente afetiva para mim.

Falar de receitas, na minha opinião, é falar de memórias — é impossível desmembrar uma de outra. É por isso que esta temporada do programa Cozinha Prática me conquistou já à primeira vista. E, à medida em que fui acompanhando os episódios, fui me apaixonando mais ainda pelos pratos selecionados. Mas as versões dos nhoques bateram fundo em mim.

Uma das lembranças mais antigas que eu tenho da casa da Vó Nair são os almoços de domingo, em que os adultos juntavam todas as mesas e cadeiras da casa no espaço da garagem e da área em frente à cozinha para acomodar todo mundo. Aquela mesa comprida reunia um monte de gente em volta de inúmeras travessas e tigelas do Nhoque da Vó Nair com molhos diferentes.

Aliás, uma memória reconfortante é que a entrada da casa era pela cozinha, então todo mundo ficava por ali, ajudando a terminar de cortar os rolinhos de massa sobre a pia enfarinhada ou cozinhar as bolinhas que boiavam nos caldeirões de água fervente. Para meus olhos de criança, aquela movimentação toda era tão típica dos finais de semana que eu assistia enfeitiçada.

É por isso que, enquanto a Rita Lobo contava, se emocionava e ME emocionava com a história da família do seu marido eu fui transportada para esses almoços da minha família. E aquelas receitas de nhoques diferentes viraram novas memórias afetivas que eu registrei no meu coração. Foi por isso que não consegui demorar muito para reproduzi-las em casa em um domingo especial — apesar de agora eu cozinhar para 1 ou 2 pessoas e deste almoço especial ter reunido apenas meus pais e eu. E este nhoque gratinado ficou tão gostoso que já veio para cá.

Mais uma receita com memória para a história da minha vida. <3

Nhoque gratinado com queijo cremoso

1 porção de nhoque de batata cozido (cerca de 30 unidades)
1 porção de molho rápido de tomate
50g. de burrata, de muçarela de búfala ou de cream cheese
Queijo parmesão ralado a vontade

Numa panela pequena, aqueça o molho de tomate. Cubra o fundo de um refratário individual com metade do molho. Disponha os nhoques e cubra com o restante do molho de tomate.

Com as mãos, divida a burrata em pedaços e disponha sobre o molho (se não encontrar a burrata, pode usar muçarela de búfala ou um queijo cremoso de sua preferência).

Leve ao forno para gratinar no grill por 5 minutos. Se o seu forno não tiver a opção grill, leve o nhoque para gratinar por cerca de 20 minutos no forno preaquecido a 240ºC (temperatura alta). Sirva o nhoque gratinado em seguida.

Estas quantidades rendem uma porção.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados ( obrigatório )

11 + 2 =

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram