Você está aqui:  / Acompanhamentos / Entradas e petiscos / Sanduíches / Segunda Sem Carne / Vegetais / Vegetariana / Como fazer batata frita crocante na airfryer

Como fazer batata frita crocante na airfryer

Se for pra ter resolução de Ano Novo, vamos combinar de evitar a batata frita industrializada?

Afinal, batata frita deveria ser feita só de batata, óleo e sal, mas você já teve a curiosidade de conferir no rótulo os ingredientes que vêm escondidos na promessa de “praticidade”?

Sem contar que uma batatinha caseira é tão fácil de fazer e fica tão mais gostosa que nem deveria passar na nossa cabeça comprar o pacote “pronto”. Aliás, nem precisa fritar para ficar crocante (se você, assim como eu, morre de preguiça de lavar panela e fogão sujos de óleo depois).

Quer ver? Vamos lá!

Como fazer batata frita crocante na airfryer

Batatas
Azeite, sal e pimenta a vontade
Opcional: alecrim, tomilho, dentes de alho, páprica ou outros temperos de sua preferência

Lave bem as batatas e enxugue-as bem.

Não precisa descascar. Corte fatias de mais ou menos 1cm. de espessura no sentido do comprimento e depois as fatias em palitos com a mesma espessura.

Coloque em uma tigela e tempere com um fiozinho de azeite suficiente para untar todos os pedaços, uma pitada de sal e outra de pimenta do reino e dê uma bela misturada com carinho para não quebrar tudo. (Se quiser caprichar, pode colocar também uns raminhos de alecrim ou tomilho, uns dentes de alho, um pouquinho de páprica ou o tempero que sua criatividade pedir.)

Espalhe em uma assadeira ou na cesta da airfryer sem sobrepor muitos pedaços e deixe em 200°C até que todos os pedaços estejam dourados e crocantes (lembre sempre de deixar preaquecendo enquanto corta a batata, por pelo menos uns 5-10 minutinhos). De vez em quando dê uma misturada para cozinhar tudo homogeneamente.

Na minha airfryer não demorou nem 20 minutos e ficou incrível.

Para acompanhar, fiz um molhinho de coalhada seca com mostarda em grãos, páprica defumada e um tiquinho de mel.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

O que você achou? Tem alguma dúvida? Fez e quer comentar? Fique a vontade para escrever também.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


@CozinhandoPara2ou1 no Instagram

%d blogueiros gostam disto: