Você está aqui:  / Como fazer / Entradas e petiscos / Segunda Sem Carne / Vegetariana / Como fazer crocante de queijo (telha de parmesão)

Como fazer crocante de queijo (telha de parmesão)

Faz um tempinho que estou para postar uma receita, que é bem especial para mim, mas não sei porque sempre ficava adiando.

Agora no final do ano resolvi aproveitar esta época mais parada para preparar uma série de três posts com cada etapa da receita para, quem sabe, inspirar alguém a preparar esta delícia na ceia de Reveillon.

É um prato muito fácil de preparar, mas ao mesmo tempo é muito gostoso pois combina sabores bem interessantes.

Para começar, uma dica que sempre cai bem: como fazer crocante de queijo ou, se preferir usar os termos gourmet, “telha de parmesão”.

É um disco de queijo puro que fica crocante e combina com praticamente qualquer coisa: da salada à sua massa preferida, passando por canapés e até como acompanhamento de um sanduíche. E o melhor: dá para preparar com antecedência e manter em potes bem fechados que ele continua crocante.

Como fazer crocante de queijo (telha de parmesão)

Queijo parmesão ralado ou outro queijo que derreta bem
Pimenta do reino (opcional)

Aqueça em fogo baixo uma frigideira antiaderente.

Pegue um punhado do queijo e arrume uma camada homogênea formando um círculo. Se quiser, tempere com uma pitadinha de pimenta do reino (fica uma delícia!).

Dica: você pode fazer uma telha grande, tomando todo o fundo da frigideira ou então fazer chips menores, como preferir. Os discos maiores você pode servir quebradinho como croutons em uma salada, por exemplo. Os chips menores, você pode usar para enfeitar pratos ou como a base de canapés.

Espere o queijo derreter e formar uma placa, mas sem deixar que queime para que não fique amargo.

Com uma espátula, retire seu crocante de queijo (ele ainda vai estar molenga) e coloque sobre um prato ou assadeira para que esfrie e fique firme. Se quiser, coloque sobre o fundo de um copo para que tome a forma de uma cestinha.

Você pode armazenar o crocante ou telha de queijo em pote bem fechado para que continue crocante.

O rendimento vai depender das quantidades que utilizar.

 

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

O que você achou? Tem alguma dúvida? Fez e quer comentar? Fique a vontade para escrever também.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


@CozinhandoPara2ou1 no Instagram

%d blogueiros gostam disto: