Você está aqui:  / Congelados / Sanduíches / Kebab de faláfel

Kebab de faláfel

Num belo dia de muito calor, resolvi botar a salada no meio de um pão folha e resolver o almoço.

Para não faltar uma leguminosa cheia de proteínas, lembrei do faláfel (que já tinha congelado) e virou um quase kebab ou shawarma. Aliás, se alguém souber a diferença, agradeço por me esclarecer. 😊

Espalhei umas belas colheradas de coalhada seca no pão, cobri com a salada e por cima coloquei os bolinhos de grão de bico. Enfim, enrolei com a ajuda de um pedaço de papel manteiga para não desmanchar e servi com uma saladinha de alface, cenoura e folhas de hortelã no prato.

E quem é que disse que sanduíche não pode ser uma refeição completa, super colorida e bem saudável? 😉

Kebab de faláfel

1 receita de faláfel (clique AQUI para acessar a receita completa)
2 pães sírios ou pão folha médio
1/4 xícara de coalhada seca (clique AQUI para acessar a receita completa)
Folhas de alface
Pepino em rodelas finas
1 tomate pequeno (sem sementes) cortado em tiras
1/2 cebola roxa em rodelas finas
1 punhado de salsinha ou hortelã

Comece preparando o faláfel de acordo com as instruções: clique AQUI para acessar a receita completa. Eu fiz no forno em vez de fritá-los e ficou ótimo. É só formar as bolinhas com pouco menos de 1 colher de sopa da massa e colocar em uma assadeira untada com azeite. Pingue umas gotinhas de azeite sobre as bolinhas de faláfel e leve ao forno preaquecido em 180ºC por cerca de 20 a 30 minutos (até os bolinhos estarem dourados). Se quiser, pode tirar do forno antes de dourar e congelar em saco plástico ou pote bem fechado por até 3 meses (para consumir é só descongelar na geladeira e aquecer no forno até dourar).

Se for usar o pão sírio, separe as duas folhas com cuidado para não rasgar (às vezes os lados estão grudados). Se for usar o pão folha, não precisa separar pois é mais fininho.

Espalhe metade da coalhada seca dentro do pão. Recheie cada metade com cerca de cinco bolinhas de faláfel e complemente com as folhas de alface, as rodelas de pepino, as tiras de tomate, as rodelas de cebola e a salsinha ou hortelã. Coloque o pão sobre um pedaço de papel manteiga e enrole com delicadeza. Enrole as pontas do papel formando um pacotinho, como se fosse um bombom.

Este sanduíche pode ser servido quente ou frio, como preferir. As quantidades aqui rendem dois sanduíches bem servidos.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

2 Comentários

  • Yara Bretas

    /

    O kebab leva pequenas porções de carne em cubinhos ou pedaços que podem ser grelhadas ou assadas e são comidas com pão árabe. Já o shawarma é a carne assada no espeto giratório, que também pode ser comida com pão”, explica Fernando Portella, proprietário do restaurante Oriente Árabe.

  • Luciana Carpinelli

    /

    Yara, obrigada! Adorei saber um pouquinho mais sobre as diferenças. Acho que não vou mais errar 🙂

O que você achou? Tem alguma dúvida? Fez e quer comentar? Fique a vontade para escrever também.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


@CozinhandoPara2ou1 no Instagram

%d blogueiros gostam disto: