Você está aqui:  / Arroz e Risotos / Congelados / Reaproveitamentos / Segunda Sem Carne / Vegana / Vegetais / Vegetariana / Arroz de moqueca

Arroz de moqueca

A ideia de fazer moqueca desta vez tinha um objetivo bem claro: matar as lombrigas desse arroz de moqueca que a Vivi Lavratti postou há algum tempo. Além de ser delicioso, ainda é uma solução para resolver o almoço de dois dias de uma só vez!

A gente brinca que a Vivi e eu somos gêmeas de paladar. É muito engraçado pois várias vezes a gente come a mesma coisa no mesmo dia, sem combinar. Eu acho que ela tem um ótimo gosto para comida 😁 e, quando nossos pratos não são iguais, a gente se inspira uma na outra.

Na quinta-feira, quando fiz a minha Moqueca de legumes, já caprichei no molho para sobrar para o sábado. Sabe todo aquele caldo cheio de sabor, com dendê, cebola, alho, tomate, pimentões, uma pimentinha e leite de coco?

Pois é ele que vai dar sabor ao arroz branco cozido, que pode até ser sobra de outro dia! (Eu sempre congelo porções individuais, assim tenho alguns saquinhos prontos para essas situações.) O que fiz foi aumentar um pouco as quantidades e reservei o restinho (se quiser, pode também congelar por até 3 meses e usar depois).

Então foi só aquecer o caldo com o arroz descongelado dentro e ajustar sal e pimenta do reino. Para reforçar um pouquinho mais a refeição, juntei umas folhas de ora-pro-nóbis picadas grosseiramente. Ela é uma PANC (Planta Alimentícia Não Convencional), uma trepadeira que nasce como mato e se espalha como praga em muitos terrenos por aí.

Muita gente reclama, poda, tenta se livrar dela. O que muitos não sabem é que suas folhas são uma verdadeira preciosidade protegida pelos espinhos afiados: riquíssimas em proteínas, vitaminas e ferro. Por este motivo também é comumente chamada de “a carne dos pobres”.

Dica interessante para quem, como eu, está reduzindo cada vez mais o consumo de carnes no dia a dia. 😉

Arroz de moqueca

1/2 xícara de arroz cozido (pode ser sobras)
1/2 xícara de caldo de moqueca (pode ser sobras ou então faça somente o molho)
10 a 12 folhas de ora-pro-nóbis lavadas e cortadas ao meio
+/- 2 colheres de sopa de coentro ou salsa bem picado
Azeite, sal e pimenta do reino a vontade

Coloque em uma panela o arroz e o caldo de moqueca e leve para aquecer em fogo baixo. Quando começar a ferver, junte a ora-pro-nóbis e o coentro ou salsa.

Dê uma boa misturada e deixe ferver por uns 3 a 5 minutinhos.

Como sobraram alguns pedaços de pimentões, cenoura e abobrinha da moqueca, piquei e misturei tudo na panela (não deixe cozinhar por muito mais tempo para não desmancharem por já estarem cozidos).

Prove e, se precisar, corrija o sal e a pimenta do reino.

Sirva em dois pratos, enfeite com umas folhinhas de coentro e salsinha (como preferir) e finalize com um fiozinho de azeite.

Uma refeição completa, deliciosa e super rápida de preparar. Melhor, impossível!

Estas quantidades rendem duas boas porções.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

O que você achou? Tem alguma dúvida? Fez e quer comentar? Fique a vontade para escrever também.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


@CozinhandoPara2ou1 no Instagram

%d blogueiros gostam disto: