Você está aqui:  / Entradas e petiscos / Sanduíches / Segunda Sem Carne / Vegetariana / Molho de queijo apimentado (tipo molho cheddar mexicano)

Molho de queijo apimentado (tipo molho cheddar mexicano)

O molho cheddar se tornou cada vez mais famoso aqui no Sul da América com as hamburguerias gourmet que surgiram a cada esquina nos últimos anos.

Só que um pedacinho de cheddar de verdade custa um rim, então cheddar cremoso assim “non ecsiste” no Brasil, pode ter certeza (no máximo, em algum restaurante muito caro que use o queijo original importado, e olhe lá! 😉 ). O mais comum por estas bandas é mesmo aquela mistura de pózinhos mágicos ultraprocessados engrossados com amido ou as fatias processadas “sabor cheddar” com corante laranja — que, de queijo mesmo, não têm nada.

Este molho de queijo apimentado que eu trago não segue a receita do tradicional molho mexicano, mas mata a vontade e ficou bem gostoso (além de ser feito com queijos de verdade).

Vale a pena experimentar, seja com tortilhas crocantes de milho, nos tacos, no burrito, no hambúrguer ou com batata rústica e bacon.

Molho de queijo apimentado (tipo molho cheddar mexicano)

1 colher de sopa de manteiga
1 colher de sopa de farinha de trigo
1 xícara de leite
1/2 xícara de queijo do reino ralado
1/2 xícara de queijo provolone ralado
1 colher de chá de pimenta caiena
1 colher de café de cúrcuma em pó
Sal e pimenta do reino a vontade

Observação: para este molho, usei o queijo do reino por ser mais alaranjado e o provolone por ter um sabor mais marcante. A cúrcuma e a pimenta caiena também contribuem para a cor. Se preferir, use o cheddar verdadeiro ou substitua por seus queijos e pimenta preferidos.

Derreta a manteiga em uma panela em fogo médio e polvilhe a farinha, mexendo sempre até formar uma pasta grossa. Deixe cozinhar por uns 2 ou 3 minutos, sem parar de mexer.

Aos poucos, adicione o leite, misturando constantemente, até a mistura engrossar (cerca de 5 minutos). O molho deve ser espesso mas ainda líquido.

Acrescente os queijos e continue mexendo sempre até derreterem completamente. Junte a pimenta caiena e a cúrcuma e integre bem. Prove e corrija o sal e a pimenta do reino (coloque mais pimenta, se gostar).

Dica: caso fique empelotado, bata no liquidificador ou com um mixer até ficar bem lisinho.

O molho vai engrossar à medida que esfriar, então não o deixe muito grosso. Na foto, enfeitei com fatias de pimenta jalapeño em conserva.

Caso sobre, armazene em pote bem fechado por até uns 5 dias na geladeira (aqueça antes de servir novamente).

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

O que você achou? Tem alguma dúvida? Fez e quer comentar? Fique a vontade para escrever também.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


@CozinhandoPara2ou1 no Instagram

%d blogueiros gostam disto: