Você está aqui:  / Calorias reduzidas / Massas e molhos / Segunda Sem Carne / Gnudi alla gremolata (nhoque de ricota com azeite aromatizado)

Gnudi alla gremolata (nhoque de ricota com azeite aromatizado)

wpid-img_20121219_1322541.jpg

Gnudi é o macarrão nu, ou se preferir, a massa sem massa. Isso mesmo, descartamos o supérfluo e ficamos só com o que realmente importa: o recheio. Fica mais ou menos como um nhoque de ricota. É um prato super saboroso e, melhor ainda, leve. Sem contar que parece chique mas é bem simples de fazer.

Gnudi
2 xícaras de ricota fresca sem soro
1 cebola ralada
2 colheres de chá de ervas finas desidratadas
1 fio de azeite
1 xícara de farinha ou semolina de trigo
Sal e pimenta do reino a vontade

Tempere a ricota com a cebola, as ervas, o azeite, sal e pimenta do reino e amasse tudo com um garfo. Em um prato fundo, misture a farinha de trigo com um pouco de sal e pimenta do reino.

Faça bolinhas com a ricota temperada e pressione bem para ficarem firmes. Passe-as com cuidado na farinha para selá-las completamente (se não ficarem bem cobertas com a farinha vão desmanchar na hora de cozinhar). Quando prontas, deixe-as descansarem sobre a farinha por 2 a 3 horas antes de utilizá-las. Esta quantidade deve dar entre 15 e 20 bolinhas, dependendo do tamanho (serve 2 pessoas).

Ferva bastante água em uma panela alta e cozinhe os gnudi por cerca de 1 a 2 minutos após subirem à superfície e escorra-os com uma escumadeira. Você pode servir com molho de tomate, de queijos etc., mas prefiro a gremolata que é suave e não interfere muito no sabor dos gnudi, complementando-o.

Gremolata
1 dente de alho
Raspas de 1 limão
2 colheres de sopa de salsinha picada
4 colheres de sopa de azeite

Pique bem o alho com a salsinha e as raspas de limão e misture tudo com o azeite. Deixe descansar para que os sabores se integrem e sirva sobre os gnudi cozidos.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados ( obrigatório )

15 − catorze =

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram