Você está aqui:  / Carnes / Chefs e inspirações / KAOL (“Kachaça”, Arroz, Ovo e Linguiça)

KAOL (“Kachaça”, Arroz, Ovo e Linguiça)

O nome é estranho mas é comida brasileira em toda sua simplicidade: KAOL. Parece prato importado mas vem bem de Minas Gerais, mais especificamente de Belo Horizonte.

Nada mais é do uma folha de couve branqueada e recheada de linguiça flambada na cachaça e enroladinha como no charuto de folha de uva ou de repolho. Por cima, queijo ralado.

E, na verdade, KAOL vem de Kachaça, Arroz, Ovo e Linguiça. Brasileiro é mesmo criativo, não é, não? 😅

Eu também nunca tinha ouvido falar, mas vi a receita da chef Tucha Bhering e me apaixonei à primeira vista. É óbvio que eu precisava provar!

Para acompanhar, molho de tomate caseiro apimentado, ovo frito de gema mole e um arrozinho (a cenoura entrou por minha conta). Trem bão dimais! 😍

Quando postei a foto no Instagram (já segue o CP2ou1 ?), descobri que o Kaol foi inventado no Café Palhares em BH há 40 anos. Inicialmente era K(c)achaça — pra beber mesmo — arroz, ovo e linguiça. E só.

Foi um prato criado pra ser barato na época de crise. Com o tempo e o politicamente correto o K virou couve e ganhou um molho de tomate apimentado muito gostoso. É servido até hoje no Palhares, que tem só um balcão e filas quilométricas no almoço.

Nem preciso dizer que já entrou na listinha para experimentar, né?

KAOL (“Kachaça”, Arroz, Ovo e Linguiça)

4 folhas de couve sem o talo
250g. de linguiça de pernil fresca
2 colheres de sopa de azeite
1/2 cebola pequena picadinha
2 dentes de alho picados
2 colheres de sopa de cachaça
1 tomate sem sementes em cubos
Sal e pimenta calabresa a vontade
Cheiro verde picadinho a vontade
Azeite a gosto
Molho de tomate refogado a gosto (veja AQUI como fazer)
Queijo parmesão ralado fino a gosto
2 ovos fritos (veja AQUI como fazer)

Em uma panela em fogo médio com água fervente e sal, coloque as folhas de couve e cozinhe por 3 minutos. Retire-as da panela e coloque em uma assadeira com água gelada por 2 minutos. Retire da assadeira, seque as folhas de couve com papel absorvente e reserve.

Na mesma panela com água fervente onde cozinhou a couve, coloque a linguiça e cozinhe por 20 minutos. Apague o fogo, retire a linguiça da panela, coloque em um refratário e deixe esfriar. Quando a linguiça estiver fria, corte em pedaços pequenos e reserve.

Aqueça o azeite em uma panela ou frigideira grande e refogue a cebola e o alho até ficar transparente, sem deixar dourar. Acrescente a linguiça, tempere com sal e pimenta calabresa, misture e coloque a cachaça para flambar (veja AQUI todas as dicas de como flambar sem se queimar).

Quando o fogo apagar, junte o tomate e espere que ele comece a murchar. Finalize com o cheiro verde e dê uma última misturada antes de desligar o fogo.

Depois disso, estique uma folha de couve e junte as pontas fechando bem o corte do talo. Coloque 1/4 do recheio e enrole formando um charutinho. Repita com o restante do recheio e das folhas de couve.

Sirva no prato com arroz, molho de tomate, o ovo frito e salpique o queijo ralado por cima do rolinho.

Estas quantidades rendem duas porções.

 

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

O que você achou? Tem alguma dúvida? Fez e quer comentar? Fique a vontade para escrever também.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram

%d blogueiros gostam disto: