Você está aqui:  / Carnes / Vegetais / Almôndegas de carne e cogumelos

Almôndegas de carne e cogumelos

Almôndegas são sempre uma boa escolha, independente do tipo de ocasião. Dá para servi-las menores como um petisco ou entrada e como prato principal acompanham bem desde o arroz com feijão do dia a dia até uma bela massa ou um cuscuz marroquino em um jantar mais caprichado com um bom vinho.

Desta vez, fiz almôndegas de carne com cogumelos. Tenho procurado diminuir o consumo de carne no dia a dia, mas isso não significa eliminá-la completamente do cardápio — a gente pode enriquecer a alimentação, em vez de restringir. Por isso, substituí metade da quantidade da carne por cogumelos e o resultado foi uma almôndega ainda mais saborosa (e nutritiva!).

Para acompanhar, um molho caseiro bem pedaçudo e um purê de mandioquinha com alho, cebolinha e pimenta dedo de moça picada miudinha. Delícia demais!

Almôndegas de carne e cogumelos

1 punhado de ervas frescas bem picadinhas
150g. de carne de bovina moída
150g. de cogumelos triturados ou bem picadinhos
1 ovo
3 colheres de sopa de leite
1/2 xícara de farinha de linhaça (ou de rosca)
Sal e pimenta do reino a gosto
1 xícara de molho de tomate (preferencialmente caseiro)

Em uma tigela, misture as carnes com os demais ingredientes e vá amassando com as mãos mesmo até obter uma mistura homogênea. Tempere com sal e pimenta do reino e molde as bolinhas.

Aqueça uma frigideira com um fiozinho de azeite, coloque as almôndegas e aos poucos vá virando, para que dourem de todos os lados. Retire-as da frigideira, coloque-as sobre papel absorvente e vá repetindo com todas as bolinhas.

Na mesma frigideira, coloque o molho e retorne as almôndegas. Envolva-as com o molho e aproveite para as aquecer por igual.

Sirva com sua massa preferida, arroz ou cuscuz marroquino hidratado. Esta quantidade serve bem duas pessoas.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

O que você achou? Tem alguma dúvida? Fez e quer comentar? Fique a vontade para escrever também.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


@CozinhandoPara2ou1 no Instagram


%d blogueiros gostam disto: