Você está aqui:  / Cardápios Especiais / Carnes / Como fazer feijoada completa (com todos os complementos)

Como fazer feijoada completa (com todos os complementos)

Qualquer bar ou restaurante do Brasil apresenta a feijoada como principal opção para o almoço de sábado. Em São Paulo, também costumamos comê-la às quartas-feiras. Acompanhada de arroz, farofa, couve refogada e vinagrete, não poderia ser mais tradicional.

É trabalhoso mas, acredite, não é assim tão complicado de preparar em casa. Para quem quiser embarcar na aventura de preparar todos os itens de um almoço caprichado e bem brasileiro, reuni aqui as receitas detalhadas de cada um deles.

Ah, e de “brinde”, ainda sugiro também uma sobremesa para finalizar a refeição.

[ Clique nos links destacados em laranja para acessar as receitas completas. ]

Se o Feijão preto ainda não estiver cozido, comece por ele. Deixe-o cozinhando e vá preparando os outros itens.

Em seguida, é a hora de fazer um Molho vinagrete caprichado, mas lembre-se de misturar um pouquinho do caldo da feijoada nele antes de servi-lo. Deixe-o curtindo na geladeira.

Uma sobremesa vai sempre bem e, após uma refeição pesada, o ideal é escolher uma fruta. Sugiro a Laranja com coco — aliás, você sabe por que a laranja geralmente é servida com feijoada? Porque a vitamina C que ela tem ajuda o Ferro do feijão a ser absorvido pelo organismo, sem contar que suas fibras contribuem para uma melhor digestão.

Deixe a sobremesa gelando e depois coloque o Arroz para cozinhar. Afinal, não tem nada mais gostoso do que um arroz branquinho que acabou de ser feito.

Em seguida, “monte” a Feijoada simplificada light, juntando o feijão que acabou de ser cozido a todos os outros ingredientes. Deixe que ela vá apurando os sabores.

Agora é a hora da Farofa de bacon e linguiça. Ela fica pronta rapidinho e aí é só mantê-la quente (dentro do microondas desligado, por exemplo).

Para terminar seu banquete, só falta preparar a Couve refogada. Com ela pronta, é só colocar tudo na mesa e se deliciar.

Se quiser, sirva com rodelas de laranja descascada. Ou então, com uma caipirinha caprichada.

Dá um pouquinho de trabalho e demora mais do que se você comprasse tudo pronto, mas é super possível de fazer em casa e o gostinho de ter conseguido vale muito a pena. Experimente! 😉

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

O que você achou? Tem alguma dúvida? Fez e quer comentar? Fique a vontade para escrever também.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram

%d blogueiros gostam disto: