Você está aqui:  / Segunda Sem Carne / Sem glúten / Vegana / Vegetais / Vegetariana / Escondidinho de casca de banana louca com purê de aipim

Escondidinho de casca de banana louca com purê de aipim

Apesar de não ter muitas restrições alimentares e sempre comer bem legumes e verduras, eu costumava ter um pé atrás de provar pratos muito diferentes do que eu estava acostumada. Foi só depois que comecei a fazer o CP2ou1 que me dei conta que era possível redescobrir ingredientes que até então eu não gostava.

Aconteceu, por exemplo, com a abobrinha, que eu não curtia e aprendi que gosto e com a berinjela, que continuo não gostando muito mas aprendi a comer em algumas preparações. Mas essa disposição de experimentar novos sabores e possibilidades me proporcionou descobrir tanta coisa boa que às vezes fico imaginando o que eu teria perdido pelo simples fato de não experimentar.

Este escondidinho de casca de banana louca só existe porque resolvi experimentar a casca de banana preparada assim. A primeira impressão ao ouvir o nome da receita foi péssima mas aí eu pensei: por que não? Provei e adorei! Continuo sendo super fã da carne louca tradicional, mas por que não ter uma outra opção, ainda mais sendo uma forma de aproveitar a casca que iria para o lixo? Não vejo como uma substituição, mas como uma ampliação do meu repertório.

Espero que você se anime e prove o escondidinho de casca de banana louca com aipim. Quem sabe você também não descobre uma variação para seu cardápio?

Escondidinho de casca de banana louca com purê de aipim

Para a casca de banana louca
3 cascas de banana (lave bem as bananas antes de descascá-las)
1 colher de sopa de vinagre
1 cebola em meias rodelas
2 dentes de alho bem picadinhos
1/2 pimenta dedo de moça picadinha
1/2 cenoura ralada fina
1/2 pimentão picadinho
8 azeitonas sem caroço picadinhas
1/2 xícara de molho de tomate
1 colher de sopa de molho inglês
3 colheres de sopa de molho barbecue (veja AQUI a receita)
Azeite, sal e pimenta do reino a vontade

Para o purê de mandioca
300g. de mandioca
1 colher de sopa de azeite (ou manteiga)
1 dente de alho amassado
1/4 de xícara de leite de coco (ou creme de leite)
1 colher de chá de ervas finas desidratadas
1 colher de sopa de queijo parmesão ralado + um pouco para gratinar (opcional)
Sal e pimenta do reino a vontade

Comece preparando a casca de banana louca. Corte as cascas de banana em tirinhas finas. Coloque em uma tigela com o vinagre, complete com água até cobrir as cascas e deixe de molho por pelo menos 1 hora.

Enquanto isso, lave bem a mandioca e corte em pedaços de mais ou menos 5 cm. Após retirar a carne, coloque os pedaços na panela de pressão com água dois dedos acima para cozinhar com sal por 30 minutos ou em panela normal por cerca de 1 hora.

Escorra o líquido da banana e enxague bem em água corrente. Coloque a casca de banana em uma panelinha, cubra com água e leve ao fogo baixo. Deixe ferver por 10 minutos. Depois, escorra a água e reserve a banana.

Aqueça um bom fio de azeite e coloque a cebola para refogar. Quando começar a dourar, junte o alho e a pimenta e deixe refogar por mais alguns minutinhos. Adicione a cenoura, o pimentão e a casca de banana e misture bem. Espere refogar por mais uns 5 minutos.

Acrescente as azeitonas, o molho de tomate, o molho inglês e o barbecue. Prove e tempere com sal e pimenta do reino. Mexa e deixe o caldo apurar, quase secando.

Coloque a casca de banana louca no fundo de um refratário e reserve.

Depois de cozinhar a mandioca, retire a casca, o fio do centro e amasse-a bem com um garfo. Coloque em uma panela e acrescente os outros ingredientes. Tempere com sal e pimenta e mexa bem até ficar homogêneo.

Cubra a banana com o purê e salpique o queijo ralado por cima. Leve ao forno máximo por uns 10 minutinhos para gratinar e sirva em seguida.

Este escondidinho de casca de banana louca serve bem duas pessoas como prato principal.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

O que você achou? Tem alguma dúvida? Fez e quer comentar? Fique a vontade para escrever também.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram

%d blogueiros gostam disto: