Você está aqui:  / Blog Editora-Chef / Precisamos falar sobre cópia, reprodução, compartilhamento e plágio

Precisamos falar sobre cópia, reprodução, compartilhamento e plágio

macbook-923616_640

Você tem ideia de quanto tempo é necessário para preparar cada post com receita que eu publico aqui? Muita gente não consegue imaginar, mas há diversas etapas envolvidas antes de clicar no “Publish” e mostrar tudo para vocês.

É preciso pensar na receita (que seja criativa e interessante, que não seja muito parecida com alguma que eu já tenha publicado, que seja prática e gostosa etc.), providenciar os ingredientes, cuidar da pré-preparação desses ingredientes, preparar o prato, fotografar (são MUITOS cliques até chegar na foto “perfeita”!) e comer a comida fria depois de tudo isso, lavar as louças e arrumar a cozinha, editar as imagens, escrever o post e descrever o passo a passo da receita, editar e revisar o texto, publicar a receita, divulgá-la nas redes sociais, responder aos comentários ou e-mails com dúvidas e sugestões… Além disso, ainda mantenho um planejamento que inclui ideias e temas de novos posts e a programação das publicações especiais como os Truques e Dicas, as Dicas da Nutri publicadas toda primeira segunda-feira do mês, os Cardápios Especiais… sem contar que administrar um site com essa quantidade enorme de conteúdo não é fácil! Acho que agora dá para imaginar que tudo isso dá muito trabalho e demanda um bom tempo.

Não, não sou obrigada a fazer nada e só faço porque realmente gosto. Até hoje, já publiquei quase 1.500 receitas diferentes aqui no CP2ou1, sem cobrar nada a não ser o respeito à minha dedicação em compartilhar este trabalho. Mas sabe o que mais recebo em troca disso tudo? Cópias não autorizadas, diariamente. E como cansa ter que lidar com falta de ética e de profissionalismo das pessoas… cansa mais do que pensar e cuidar de tudo o que citei ali no parágrafo anterior!

Todo esse material que eu compartilhei de graça, é reproduzido sem autorização em diversos sites, todos os dias, apesar de eu usar um mecanismo de proteção que dificulta a cópia dos textos — ou seja, se copiam sabem muito bem que estão fazendo algo que não deveriam. Desde blogs pequenos e com poucas visitas, que tiveram o intuito de divulgar um material que consideraram interessante, até grandes sites ou portais, que se acham “espertinhos” e se promovem com isso, muitas vezes faturando uma boa grana. Aí eu pergunto: é justo alguém ganhar dinheiro usando um conteúdo que eu produzi sem ganhar nada?

Como bem exemplificou a Sandra, do Caldeirão da Bruxa Solar, é como se você encontrasse um carro estacionado na rua o levasse para você, já que a rua é de todo mundo e ele está ali ao alcance de qualquer um. Afinal, se eu não quisesse ter meu automóvel roubado, que o guardasse apenas na minha própria garagem, certo? Errado: isso é roubo e todo mundo sabe. E é exatamente a mesma coisa que acontece com a propriedade intelectual – ou com as fotos que publico e os textos que escrevo neste espaço, por exemplo.

Não é porque eu fui legal e coloquei as informações aqui para qualquer um acessar que elas podem ser roubadas e utilizadas de qualquer forma. Além de não ser uma coisa simpática e honesta de se fazer, existe uma lei no Código Civil (a Lei 9.610/98) que regulamenta os Direitos Autorais. Isso significa que reproduzir (copiar e colar) conteúdo alheio sem a devida autorização é crime passível de sanções como pagamento de multa e de indenizações. Sim, é coisa séria!

Gostou do que viu aqui e quer compartilhar com os amigos? Muito legal, fico super feliz! Este é um dos melhores elogios para mim. Mas por favor evite copiar e colar o texto das receitas em posts do Facebook ou do Instagram, por exemplo. No final de cada post há ícones com links para compartilhar o conteúdo em diversas redes sociais diretamente daqui do site. E pensa bem: se você curtiu tanto um post que eu publiquei aqui, não custa nada compartilhar o link para cá e, quem sabe, apresentar muitos outros posts que também podem ser interessantes para seus contatos. 😉

O pouco retorno financeiro que recebo com o blog vem dos banners de anúncio que aparecem nas páginas que vocês acessam. É esse rendimento que me ajuda a pagar o servidor de hospedagem para garantir que o site fique sempre disponível para acesso. Ou seja, quanto mais cliques diretos eu tiver aqui, menos dinheiro vou ter que tirar do meu bolso para manter este espaço. É por isso que essa divulgação é importante para quem produz conteúdo.

Inspirou-se nas receitas e as reproduziu? Excelente, vou adorar ver suas fotos e comentários sobre o que achou delas. E novamente: se gostou, por que não citar onde encontrou a dica? Mas por favor, nunca utilize fotos que não são suas (encontradas no Google, em outros blogs ou sites). Lembre-se de que copiar o trabalho de outras pessoas sem autorização é plágio e que, além disso, elas não retratarão a receita exatamente como ela foi feita, certo? Assuma o compromisso com os seus leitores também.

Ah! E outro ponto super importante: indicar “Fonte: Google” ou “Fonte: Facebook” é como você fazer uma pesquisa em um livro físico e colocar “Fonte: Biblioteca”. Aliás, o objetivo da indicação da fonte é facilitar o acesso a alguém que se interessou por aquele conteúdo e quer buscar mais informações parecidas.

Vamos fazer da internet um espaço agradável e honesto, em que relacionamentos sadios são construídos com a colaboração de todos?

E fica uma última dica: viu por aí uma foto ou um texto que você sabe que foi copiado de outro lugar? Faça a sua parte: comente e diga que isso não é legal. Pode até colocar um link para este post aqui. Quanto mais a gente compartilha conhecimento, mais interessante fica o ambiente em que a gente convive.

Um grande abraço e um super obrigada a quem sempre apoia, incentiva e compartilha (do jeito certo 😉 ) o material que publico aqui. Faço com muito amor para que este amor seja multiplicado por vocês.

<3

Foto: Pixabay

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

6 Comentários

  • eumemo

    /

    publica de graça pq eh burra tem mta gente ficando rica c/ blog se vc não sabe ganhar dinheiro c/ oq vc faz eh pq não eh bom o bastante, se conforme e pare de mimimi na internet. vcs q se acha CRIADORES soh se acha mais não faz nada de bom e ainda critica quem tem boas ideias vsf

  • Luciana Carpinelli

    /

    Amigo, agradeço a sua visita e o seu comentário. E espero sinceramente que algum dia você entenda que o julgamento raso, baseado em informações distorcidas, não acrescenta nada.
    Abraço e volte sempre que quiser!

  • Ana P.

    /

    Lu, obrigada por explicar tão bem esse assunto como vc explica as receitas para a gente. Nossa, queria pedir 1000 desculpas pq já copiei algumas receitas que vc publica aqui no meu Face mas juro q não foi por mal. Eu nunca tinha parado para pensar nesse trabalho todo que vc tem e ainda tem tanto cuidado e atenção com a gente que fica perguntando coisas básicas como eu pedi para aprender a omelete (já fiquei craque, obrigada pelas dicas). Vc é mesmo sensacional, prometo que não vou mais fazer isso pq as pessoas tb merecem conhecer esse blog incrível!!!! Obrigada e desculpa de novo, bjs

  • Luciana Carpinelli

    /

    Ana, querida, agradeço todo este seu carinho por mim e pelo que eu faço. Como disse, só faço tudo isso porque realmente gosto e me faz feliz ouvir este tipo de feedback como o seu.
    E pode ficar tranquila que a sua cópia não é o que atrapalha ou prejudica quem produz conteúdo. A gente sabe que muita gente não entende o que significa a visita ao nosso site e que vcs fazem isso com o intuito apenas de dividir a descoberta. O grande problema são as pessoas sem cartáter que o fazem sabendo que não deveriam, querendo levar vantagem em cima de um trabalho bem feito por nós.
    Muito obrigada pelo carinho e agradeço também pela indicação do CP2ou1 aos seus amigos!
    Beijo e volte sempre 🙂

  • Andressa

    /

    Luciana, muito importante o seu comentário! Acredito que algumas pessoas realmente não façam por mal, mas sei que outras – como você bem comentou – sabem direitinho o que estão fazendo, mas não se importam, pois querem é ganhar cliques às custas dos outros. Mas esse é o lado “ruim” de fazer um trabalho tão bacana! Da minha parte, eu sempre divulgo o seu site por meio do link que traz diretamente a ele e continuarei fazendo isso! Até aproveito para esclarecer uma dúvida. Eu estou montando um caderninho – de papel mesmo, tipo o da vovó – com algumas receitas que faço e dão certo. Nesse caderninho, inclusive, eu coloco meus comentários com ingredientes alternativos que acabei experimentando por falta do original ou por curiosidade mesmo. E já inseri nele algumas receitas suas. Há algum problema legal nisso? Você saberia me dizer? Para alguns pode parecer uma pergunta boba, mas respeito muito o seu trabalho e não quero de forma alguma prejudicá-lo! Muito obrigada desde já e parabéns pelo site!! 😀

  • Luciana Carpinelli

    /

    Andressa, agradeço a você também o carinho e o respeito, principalmente essa preocupação em não me prejudicar. Isso é super importante para mim e um dos melhores incentivos para continuar fazendo este trabalho da melhor forma e com muito amor.
    Como disse, o que nos prejudica é esse pessoal que se aproveita do nosso trabalho para ganhar com ele o que a gente não ganha. Claro que você pode copiar a receita no seu caderninho, ensinar para os amigos, compartilhar. Não é esse tipo de cópia que a gente evita, esse é feito com amor e por amor. 😉
    E agradeço sempre que puder compartilhar também um link para cá. Cada clique conta um pouquinho para ajudar a pagar as despesas que tenho mensalmente para manter este arquivo enorme disponível para vocês!
    Beijo e volte sempre. E super obrigada novamente 🙂

DEIXE UM COMENTÁRIO

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados ( obrigatório )

11 − 9 =

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram