Você está aqui:  / Saladas e molhos / Salada com queijo de cabra, damascos e nozes

Salada com queijo de cabra, damascos e nozes

Eu costumo aproveitar quando não estou com muita fome para preparar uma salada caprichada com o que tiver na geladeira.

Para esta, com toques franceses, montei uma base de folhas coloridas com cenoura ralada, tomatinhos, damascos secos, nozes pecan agridoces, queijo de cabra com alho e ervas e um molhinho de mostarda e mel para deixar tudo ainda mais saboroso.

Porque saladinha sem graça não tem vez na minha mesa! 😍

Recentemente fiquei sabendo que queijos de cabra têm menos lactose que os de vaca, o que os torna mais fáceis de digerir para pessoas com intolerância à lactose leve (como é o meu caso). Notícia boa a gente comemora com um prato bonitão e delicioso assim, não acham?

Salada com queijo de cabra, damascos e nozes

Folhas verdes (alface romana ou americana, frisée, rúcula, agrião, acelga, endívia etc.)
Folhas de radicchio
Cenoura ralada
Tomatinhos cereja cortados ao meio ou em quartos
Damascos secos
Nozes pecan agridoces
+/- 50g. de queijo de cabra em pedaços (usei o Soignon com alho e ervas)

Para o molho:
1 colher de chá de mostarda (usei dijon)
1 colher de sopa de azeite
1 colher de sopa de limão espremido ou de vinagre de arroz
1 colher de chá de mel

Misture bem os ingredientes do molho (eu costumo colocar tudo em um pote com tampa e chacoalhar bem) e leve à geladeira por pelo menos uns 15 minutos para ficar geladinho.

Em uma travessa ou prato, arrume uma base com as folhas, misturando as cores. Por cima, distribua os tomatinhos, a cenoura ralada, os damascos, as nozes e, por último, fatias quebradas do queijo.

Caso não vá servir imediatamente, leve à geladeira por não mais que umas 3 horas para que as folhas não fiquem feias.

Na hora de servir, dê uma última misturada no molho e regue a salada com ele. Tempere com sal e pimenta do reino a vontade (se precisar — eu achei que não precisava pois o queijo já dá um sabor interessante que contrasta com o toque adocicado no molho).

Desta vez, as quantidades e o rendimento vão depender da sua fome. 😉

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

O que você achou? Tem alguma dúvida? Fez e quer comentar? Fique a vontade para escrever também.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


@CozinhandoPara2ou1 no Instagram

%d blogueiros gostam disto: