Você está aqui:  / Bebidas / Matinais / Capuccino especial à brasileira

Capuccino especial à brasileira

CapuccinoEspecial_CozinhandoPara2ou1

Neste frio, uma bebida bem quente acaba virando item indispensável no kit básico de sobrevivência. Depois do Chocolate quente cremoso, adoro um bom capuccino, de preferência com espuminha de leite, uma boa dose de chocolate e um leve toque de canela.

Apesar desta receita com chocolate ser muito mais comum no Brasil, já que este delicioso ingrediente fica fora da versão original italiana, ela é a minha preferida. Já fiz com cacau em pó, com chocolate meio amargo picado, com gotinhas ao leite, com achocolatado… mas esta última combinação usando a Calda de chocolate (tipo Brown Cow caseiro) virou a minha preferida. Tanto que mereceu um lugarzinho aqui.

E você, como prefere o seu capuccino? Aposto que depois de provar esta delícia você vai pensar duas vezes antes de responder.

Capuccino especial à brasileira

50ml. de café espresso ou bem forte
50ml. de leite (preferencialmente integral)
2 colheres de sopa de Calda de chocolate (tipo Brown Cow caseiro)
1 pitada de canela em pó

Antes de começar, enxague uma xícara com água fervente. Espere que ela seque (se a água estiver mesmo fervendo, ela vai secar rapidamente).

Coloque a calda de chocolate no fundo da xícara e reserve. Prepare, então, o café.

Para um bom capuccino, a gente precisa de espuma de leite. Mesmo se você não tiver aparelhos específicos para isso, dá para fazer em casa de forma bem fácil. Veja o passo a passo aqui: Como fazer espuma de leite.

Com a medida de leite, prepare a espuma de leite.

Sobre a calda de chocolate, despeje o café, com cuidado para não misturar muito. Em seguida, coloque o leite com a espuma — eu não consegui fazer camadas, ele acabou se misturando com o café.

Por cima de tudo, salpique a canela em pó e sirva imediatamente.

Esta receita rende 1 xícara média.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados ( obrigatório )

1 × 1 =

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram