Você está aqui:  / Matinais / Segunda Sem Carne / Sem glúten / Vegetais / Vegetariana / Shakshuka a la Norma (ovos no molho com berinjela e ricota)

Shakshuka a la Norma (ovos no molho com berinjela e ricota)

Minha preferência culinária é por comidas gostosas, não importando muito os ingredientes com os quais elas foram preparadas. Tenho uma quedinha pelas comidas italianas e os molhos caprichados com queijo por cima quase sempre ganham uma preferência facilmente, mas não faço careta para legumes e verduras.

É com certo desconforto que digo que continuo não gostando de berinjela. Mas faço questão de reforçar que ainda não desisti de descobrir alguma forma de preparo que me agrade e me faça ter vontade de comê-la. É por isso que sigo tentando e insistindo.

Nem precisa dizer que receita da Rita Lobo não tem erro, né? Então resolvi experimentar esta receita lá do site Panelinha que vi no programa Cozinha Prática do canal GNT. Afinal, o máximo que poderia acontecer era eu continuar não gostando de berinjela.

E não é que ela, ali no meio de tanta coisa gostosa, nem fez muita diferença mesmo? Será que assim vale dizer que gostei de berinjela ou foram só os ingredientes que me enganaram? 😉

Shakshuka a la Norma (ovos no molho com berinjela e ricota)

4 ovos
1 berinjela em cubos
1 lata de tomate pelado (com o líquido)
1/2 cebola picadinha
1 dente de alho amassado ou picadinho
1/4 de xícara de azeite
1/2 colher de pimenta calabresa seca
Sal e pimenta do reino a vontade
1/2 xícara de ricota fresca esfarelada (cerca de 80g.)
Folhas de manjericão a gosto para servir

Aqueça o azeite em uma frigideira grande, adicione a berinjela, tempere com uma pitada de sal e refogue por 6 minutos até ficarem bem douradas e murchas (não mexa nos primeiros três minutos, assim a berinjela fica bem douradinha). Junte a cebola, a pimenta calabresa e refogue até murchar. Acrescente o alho e mexa por mais um minuto para perfumar.

Retire a panela do fogo para juntar o molho de tomate. Tempere com sal, misture bem e tampe. Espere encorpar o molho. Enquanto isso, quebre dois ovos em duas tigelas pequenas.

Com uma espátula, abra uma cavidade no molho e, com cuidado, transfira um ovo quebrado para a cavidade e repita com os outros. Com um garfo, misture delicadamente parte das claras com o molho, com cuidado para não estourar as gemas – dessa forma as claras cozinham por completo sem correr o risco de as gemas ficarem duras. Tampe e deixe cozinhar em fogo baixo por cerca de quatro a cinco minutos, ou até que as claras fiquem cozidas e as gemas permaneçam moles.

Desligue o fogo e finalize a shakshuka com a ricota esfarelada e folhas de manjericão. Sirva com fatias de pão italiano.

Estas quantidades rendem duas porções.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

O que você achou? Tem alguma dúvida? Fez e quer comentar? Fique a vontade para escrever também.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram

%d blogueiros gostam disto: