Você está aqui:  / Sanduíches / Quesadilhas com geleia de pimenta

Quesadilhas com geleia de pimenta

QuesadilhaComGeleiaDePimenta_Cozinhandopara2ou1

Eu amo cozinhar, é um fato. Outro fato é que sou bem preguiçosa. E, quando a preguiça se junta ao cansaço ao chegar em casa após o trabalho, confesso que, antes de criar forças de ir para a cozinha, penso mil vezes pegar o telefone e ligar pro primeiro delivery que aparecer.

Outro dia, dividida entre a preguiça de ir preparar o jantar e de ir buscar o telefone do restaurante japonês, comecei a pensar no que tinha disponível para comer. Os primeiros itens foram queijo, tomate, Rap10 e geleia de pimenta feita em casa. Assim, na sequência, não pareciam muito promissores, mas gostei do desafio.

Botei tudo sobre a pia e, quando bati os olhos, enxerguei estas quesadilhas. Rapidinho ela já foi para o prato (ou mais especificamente para a tábua), cheia de sabores e texturas interessantes. Com certeza merece ir para a sua mesa também. 😉

Quesadilhas com geleia de pimenta

2 tortilhas ou Rap10 (usei o integral)
1 colher de sopa de geleia de pimenta caseira
1/2 xícara de queijo picado (gosto de misturar muçarela com algum outro como provolone, cheddar ou gorgonzola)
1/2 tomate pequeno em cubinhos
Sour cream e pimenta jalapeño ou vermelha fatiada para servir

Aqueça uma frigideira antiaderente e coloque uma das tortilhas para tostar. Vire-a e, quando o outro lado também ficar tostadinho, retire do fogo e reserve. Toste, então, o primeiro lado da segunda tortilha e, ao virá-la, espalhe a geleia.

Distribua o queijo por cima da geleia e depois o tomate. Cubra com a primeira tortilha e abafe com uma tampa para que o queijo derreta bem, sem deixar que o lado de baixo da tortilha fique muito torrado.

Coloque sobre uma tábua ou prato, corte em quatro e sirva com um pouco de sour cream e mais um pouquinho de pimenta. Para dar uma corzinha, salpiquei ervas finas.

Esta quantidade serve bem uma pessoa.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados ( obrigatório )

dezoito + dois =

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram