Você está aqui:  / Peixes e frutos do mar / Cuscuz de camarões com sardinha e ovos

Cuscuz de camarões com sardinha e ovos

Muita gente coloca o cuscuz paulista no grupo de comidas cafonas. Outros nunca nem experimentaram — sim, é verdade! Já na minha família a gente adora.

Nas últimas férias, passei uns dicas na casa dos meus avós em Santos e meu avô me deu a missão de preparar um cuscuz bem caprichado de camarão e sardinha enfeitado com ovo cozido. Fazia tempo que ele estava com vontade e deixou na listinha de pedidos para quando eu fosse para lá.

Como por aqui missão dada é missão cumprida, tivemos cuscuz do jeitinho que ele pediu!

E a minha sugestão aqui é resgatar na memória a receita de cuscuz da sua família para que ela faça parte das ceias. Tem coisa mais gostosa do que comida afetiva? Eu acho que não.

Se ninguém mais tiver aquela receita da vó ou da tia, pode usar esta aqui que eu garanto que fica uma delícia! E, cá entre nós, eu acho lindo um cuscuz desse todo enfeitado para compor a mesa de Natal ou Ano Novo. Que tal?

Cuscuz de camarões com sardinha e ovos

1 cebola pequena picada
1 dente de alho grande picado
200g. de camarões limpos (não precisam ser grandes)
2 colheres de sopa de extrato de tomate
2 xícaras de caldo de peixe, de camarão ou de legumes (veja AQUI como preparar)
3/4 xícara de farinha de milho para cuscuz
1 lata de sardinha
1 ovo cozido
Azeite, sal, pimenta e ervas finas desidratadas a vontade

Unte uma forma de pudim média com um fiozinho de azeite. Corte o ovo em fatias e decore o fundo. Reserve alguns camarões e uma sardinha para a decoração. (Se quiser, você pode usar também azeitonas, tomate, milho e palmito.)

Em uma panela alta, aqueça duas colheres de sopa de azeite e refogue a cebola e o alho somente até ficarem transparentes. Acrescente os camarões e deixe refogar sem mexer até mudarem de cor. Retire-os da panela e reserve.

Na mesma panela, coloque o extrato de tomate e a sardinha escorrida e picada, pimenta do reino e as ervas. Junte o caldo e, quando ferver, diminua o fogo.

Aos poucos, despeje a farinha de milho e vá mexendo bem até ficar uma massa grossa. Depois de começar a borbulhar, continue mexendo por mais uns 5 minutos, acrescente os camarões refogados. Prove e, se precisar, corrija o sal.

Coloque a massa na forma decorada. Com cuidado, aperte a massa para que preencha todos os espaços. Espere esfriar para desenformar.

Você pode servir em temperatura ambiente ou aquecer rapidamente antes de servir como acompanhamento ou fatiado como entrada ou petisco.

Esta quantidade rende 4 a 5 porções, dependendo dos complementos. Você pode conservar na geladeira por até três dias.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

O que você achou? Tem alguma dúvida? Fez e quer comentar? Fique a vontade para escrever também.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


@CozinhandoPara2ou1 no Instagram

%d blogueiros gostam disto: