Você está aqui:  / Carnes / Porchetta (como preparar)

Porchetta (como preparar)

Não sou do grupo dos carnívoros mas ultimamente não tenho resistido a um bom porco. E fazia tempo que queria experimentar preparar uma porchetta.

Porchetta (a pronúncia correta é “porqueta”) antigamente era a manta de uma leitoa (ou literalmente “porquinha”), desossada e recheada com muitas ervas e temperos, super tradicional na Itália. Hoje é mais comumente preparada com uma parte lateral da barriga do porco, de onde se retira as costelas, a paleta e o pernil, usadas em outras preparações.

É uma carne que é lentamente assada, além de manter sua capa de gordura — por isso, fica bem suculenta e saborosa. E, como é recheada com os temperos, o sabor parece que penetra em toda a peça. E ainda sobra um molho surpreendente. Ou seja: fica maravilhosamente deliciosa!

Dica super especial e bem fácil de fazer para uma ceia de Natal ou de Ano Novo que vai encantar a todos.

Mais uma receita incrível da Francinha Cooks.

Porchetta (como preparar)

1 porchetta de 1,5kg.
5 dentes de alho
1/2 limão siciliano (raspas)
1/2 cebola roxa média
1 xícara de folhas de sálvia
1 xícara de cebolinha francesa
1 xícara de folhas de alecrim
1/2 xícara de folhas de tomilho
1 lata de cerveja escura
1/2 xícara de caldo de legumes caseiro (opcional)
2 colheres de sopa de farinha de trigo
Azeite, pimenta e sal

A carne precisa ser temperada e enrolada na véspera, assim os temperos vão impregnando na carne.

Corte a cebola em cubinhos pequenos e refogue-os em uma panela pequena com 2 colheres de sopa de azeite. Reserve.

Enquanto a cebola esfria, pique bem as ervas. Tudo muuuito bem picadinho para que os sabores se misturem bem. Junte às ervas a cebola refogada, as raspas do limão e o alho amassado.

Coloque o porco aberto com a pele para cima e com uma faca bem afiada faça cortes na pele do porco, chegando até a gordura. Faça outros cortes perpendiculares. Tempere a pele com um pouco de sal e pimenta e esfregue bem.

Vire o porco e tempere a carne com sal e pimenta, um pouco de azeite e esfregue bem, distribuindo o tempero.

Espalhe homogeneamente as ervas temperadas sobre toda a carne. Com cuidado, enrole o porco e amarre com barbante para que ele mantenha a forma.

Coloque o porco em um refratário ou assadeira em que será assado, cubra com papel alumínio e deixe na geladeira até o dia seguinte.

Cerca de uma hora antes de assar a porchetta, retire a assadeira da geladeira e deixe-o chegar à temperatura ambiente. Preaqueça o forno a 180ºC.

Na assadeira, coloque a cerveja e o caldo de legumes. Leve a porchetta ao forno por 3h30, com o papel alumínio. Aumente a temperatura do forno para 260ºC, retire o alumínio e deixe assar por mais meia hora — a pele deve ficar bem dourada e crocante.

Tire o porco do forno e coloque em uma travessa ou tábua. Enquanto o porco descansa, prepare o molho.

Retire parte da gordura que sobrou na assadeira e coe o restante em uma panela pequena. Em fogo baixo, dissolva a farinha de trigo aos poucos e misture rapidamente com a ajuda de um batedor de arame. Deixe engrossar um pouquinho — se empelotar, bata no liquidificador ou com o mixer.

Sirva o molho à parte em uma molheira ao lado da porchetta. Estas quantidades servem bem até 3 pessoas (caso sobre, aproveite para preparar deliciosos sanduíches com as sobras).

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

O que você achou? Tem alguma dúvida? Fez e quer comentar? Fique a vontade para escrever também.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram

%d blogueiros gostam disto: