Você está aqui:  / Sopas, cremes e caldos / Sopa de milho com crocante de girassol e farofa de bacon

Sopa de milho com crocante de girassol e farofa de bacon

Esta sopa de milho com farofinha de bacon e sementes de girassol temperadas é uma refeição mais do que perfeita. E o melhor é que dá para servi-la quente ou fria — perfeita para este tempo maluco que não sabe se tem sol de rachar ou tempestade com vento e frio.

Uma combinação diferente mas não é que ficou boa mesmo? Afinal, não tem como dar errado quando combinamos ingredientes tão gostosos, né?

Mais uma receitinha da Rita Lobo que eu amei testar e aprovar. Experimente também!

Sopa de milho com crocante de girassol e farofa de bacon

2 xícaras de milho congelado ou debulhado (300g.)
2 xícaras de leite
1/2 cebola picadinha
1 colher de sopa de vinho branco (opcional)
2 colheres de sopa de manteiga
Noz-moscada ralada na hora a vontade
Sal a vontade
Salsinha picada para servir

Para acompanhar:
4 fatias de bacon
3 colheres de sopa de sementes de girassol
1 colher de chá de água
1/2 colher de café de curry em pó
Azeite e sal a vontade

Comece preparando as sementes de girassol. Em uma tigela, misture-as com a água, o curry e o sal – a água fixa melhor os temperos nas sementes.

Leve uma frigideira pequena ao fogo médio. Regue com o azeite e adicione as sementes. Mexa por uns minutos até ficarem tostadinhas. Deixe esfriar totalmente antes de armazenar em pote com fechamento hermético.

Para a farofinha de bacon, basta deixar as fatias de bacon crocantes e picar bem com uma faca. Eu acho que é mais fácil de fazer no micro-ondas: forre um prato com duas camadas de papel toalha, coloque as fatias de bacon sobre o papel e cubra com mais duas camadas de papel toalha. Leve ao micro-ondas por 2 minutos, em potência alta, até que fiquem douradas (o tempo pode variar de acordo com a espessura das fatias; caso o bacon ainda não esteja dourado, vire o papel toalha de cima e programe mais 1 minuto — para não queimar, vá repetindo de 1 em 1 minuto até ficar pronto).
Retire o papel para o bacon não grudar ao esfriar (as fatias terminam de ficar crocantes depois de frias).

Para a sopa, aqueça uma panela e coloque a manteiga para derreter. Adicione a cebola, tempere com uma pitada de sal e refogue até murchar bem, por cerca de 4 minutos.

Adicione o milho e refogue por mais uns 5 minutos, até o milho absorver o sabor do refogado – eles mudam de cor do amarelo opaco para um amarelo translúcido. Regue com o vinho branco e mexa por 1 minutinho para o álcool evaporar.

Abaixe o fogo, acrescente 1 xícara do leite e tempere generosamente com a noz-moscada. Deixe cozinhar por 3 a 5 minutos depois de ferver para criar um caldo mais encorpado com os grãos macios.

Desligue o fogo e transfira a sopa para o liquidificador. Junte o restante do leite e bata até ficar bem lisa. Aí você pode servir ainda quente ou então transferir para uma tigela e manter na geladeira por pelo menos 15 minutos, ou até a hora de servir.

Sirva a sopa (fria ou quente) com salsinha picada, farofinha de bacon e as sementes de girassol temperadas. Na foto, acompanhei de tostadas de avocado.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

O que você achou? Tem alguma dúvida? Fez e quer comentar? Fique a vontade para escrever também.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


@CozinhandoPara2ou1 no Instagram

%d blogueiros gostam disto: