Você está aqui:  / Sem glúten / Sem lactose / Sopas, cremes e caldos / Caldo verde low carb (sem batatas)

Caldo verde low carb (sem batatas)

O friozinho mal chegou de vez, já é hora de explorar o arquivo de sopas, né? Aproveite então para preparar, para o jantar e para espantar o frio, um caldo verde lowcarb — com base de couve flor no lugar das batatas, mas com direito a linguiça defumada e bastante couve .

Esta versão da receita tipicamente portuguesa não é inédita. Vira e mexe aparece por aí, e eu nunca tinha tido vontade de provar. Mas alguns dias atrás, cheguei em casa louca por uma comidinha de verdade, daquelas bem caseiras, e não tinha nada muito pronto.

Quando abri o freezer para procurar por uma salvação, tinha couve flor, caldo de legumes e uma linguicinha defumada, todos congelados. O jeito foi usar essa inspiração (veja aí a importância de termos sempre um bom repertório de possibilidades culinárias!) e transformar tudo isso em uma tigelinha fumegante de aconchego para acompanhar a necessária taça de vinho.

Que tal também experimentar e ampliar o seu cardápio de sopas?

Caldo verde low carb (sem batatas)

2 colheres de sopa de tempero caseiro completo (ou cebola e alho picados)
1 e 1/2 xícara de couve flor picada (floretes e talos)
1 e 1/2 xícara de caldo de legumes (preferencialmente caseiro)
1 linguiça defumada em rodelas finas
2 e 1/2 xícaras de água filtrada
2 xícaras de couve fatiada bem fininho
Azeite, sal e pimenta do reino a vontade

Em uma panela grande, aqueça um bom fio de azeite e coloque a linguiça para tostar. Quando os pedaços estiverem douradinhos dos dois lados, retire-os e reserve-os.

Dica: a receita tradicional do caldo verde é feita com paio, um tipo de embutido mais grosso que a linguiça. Eu fiz com a linguicinha pois era o que eu tinha.

Coloque, na mesma panela, o tempero completo para refogar (se não tiver, pique grosseiramente cebola e alho). Quando começar a dourar, junte a couve flor em pedaços não muito grandes e misture bem por uns 3 minutos. Cubra com o caldo e a água, dê uma misturada e deixe ferver em fogo baixo e com a panela parcialmente tampada por 15 minutos.

Desligue o fogo e com cuidado bata tudo com o mixer para obter um creme homogêneo (se preferir, bata no liquidificador deixando uma fresta na tampa). Retorne o caldo batido à panela, coloque a linguiça reservada, misture, prove e corrija o tempero com sal e pimenta do reino.

Se a sopa estiver muito grossa, adicione água aos poucos. Eu não gosto do caldo muito ralo, transparente, então deixo mais grossinho mesmo.

Por fim, coloque a couve, mexa para que ela seja envolvida pelo creme. Deixe cozinhar por uns 2 minutinhos e sirva em seguida (a couve deve ficar al dente e não molenga, totalmente cozida). Se quiser, finalize com um fio de azeite.

Estas quantidades rendem cerca de 3 porções.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

O que você achou? Tem alguma dúvida? Fez e quer comentar? Fique a vontade para escrever também.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram

%d blogueiros gostam disto: