Você está aqui:  / Peixes e frutos do mar / Bacalhau no pote (confitado)

Bacalhau no pote (confitado)

Bacalhau no pote parece criação do raio gourmetizador mas usa uma técnica gastronômica muito antiga: o confit, em que o alimento é cozido no azeite (e a ideia é realmente cozinhá-lo no azeite e não fritá-lo). Já postei aqui os Tomatinhos confitados e até uma outra versão de Bacalhau confitado com cebola tostada.

Esta receita é da Neka Menna Barreto, uma nutricionista que virou uma das banqueteiras mais brilhantes do Brasil. Suas criações são sempre surpreendentes e não poderia ser diferente com este bacalhau. Ele fica incrivelmente macio e saboroso e dá zero trabalho — a única parte mais chatinha é dessalgar o peixe.

Tinha visto a Neka preparar na TV, se não me engano com o Amyr Klink, e lembrei quando a Sheila do blog Cozinha Sincera publicou a foto no Instagram. Como não pode faltar bacalhau na ceia da minha família, resolvi incluir no nosso especial das Festas de Fim de Ano.

Bacalhau no pote (confitado)

2 postas de bacalhau (750g.)
1 cebola grande em rodelas
6 dentes de alho
1/2 pimentão vermelho em rodelas
1/2 pimentão amarelo em rodelas
2 pimentas dedo de moça pequenas inteiras
6 folhas de louro
Pimenta do reino e ervas frescas (endro, orégano etc.)
+/- 150 ml. de azeite de oliva (suficiente para cobrir tudo)
1 pote hermético

Dessalgue o bacalhau. Para isso, para cada centímetro de espessura da posta, calcule um dia de molho em água, que deve ser trocada várias vezes. Se preferir, compre as postas já dessalgadas.

Lave e esterilize o pote (ferva o pote e a tampa por 5 minutos, retire da água quente sem tocar na parte interna e depois deixe secar de cabeça para baixo sobre um pano de prato super limpo).

Corte as postas ao meio e retire a espinha central. Com a ajuda de uma pinça, retire todos os espinhos menores.

Arrume os ingredientes no pote intercalando as cores para deixar o pote bonito. Pode colocar as pimentas sem medo pois inteiras elas não deixam o bacalhau ardido demais. Cubra com o azeite até a borda do pote e retire todas as bolhas de ar.

Tampe o pote, enrole em um tecido ou toalha (assim o pote não bate na panela ao ferver, correndo o risco de quebrar) e coloque em uma panela com água até 2/3 do pote. Leve para cozinhar em fogo baixo por 2 horas.

Assim que esfriar, retire da panela e deixe na geladeira por, pelo menos um dia. Você pode guardar o pote fechado por até 6 meses. Se quiser, reaqueça antes de servir.

Estas quantidades servem entre duas e três pessoas, dependendo dos acompanhamentos. Na foto, acompanhei o bacalhau no pote com Tapenade de azeitonas pretas e Pastinha de grão de bico com azeite.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

O que você achou? Tem alguma dúvida? Fez e quer comentar? Fique a vontade para escrever também.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


@CozinhandoPara2ou1 no Instagram

%d blogueiros gostam disto: