Você está aqui:  / Arroz e Risotos / Reaproveitamentos / Risoto de vó (Arroz com legumes)

Risoto de vó (Arroz com legumes)

Eu sou simplesmente apaixonada por risotos, aqueles feitos com um bom caldo e que precisam ser mexidos bastante para ficarem bem cremosos. Mas o mais engraçado é que eu só fui descobrir essa metodologia e os segredinhos tradicionais italianos depois de adulta.

É que, como muitas pessoas, cresci comendo esse “risoto” de vó, esse arrozinho da foto que, na verdade é uma forma de reaproveitamento de arroz já cozido, incrementado com legumes. Uma alternativa mais simples e bem gostosa para o dia a dia, que pode ser feita com o arroz branco e também com o integral.

Risoto de vó (Arroz com legumes)

1/2 xícara de arroz pronto (branco ou integral)
1 colher de chá de manteiga
1/4 de xícara de água
1/2 xícara de legumes em cubos ou seleta de legumes (eu prefiro usar a seleta congelada em vez da em conserva)
1 colher de café de cúrcuma em pó/açafrão da terra
1 pitadinha de ervas finas desidratadas
Azeite, sal e pimenta do reino

Em uma panela, derreta a manteiga e refogue os legumes. Eu recomendo o uso da seleta de legumes congelada em vez da em conserva, pois os legumes estão crus, ficam mais gostosos e mais firmes. Tempere-os com a cúrcuma, para dar uma corzinha, adicione a água e deixe em fogo baixo para que cozinhem até que a água seque completamente.

Junte o arroz aos demais ingredientes e misture bem. Se for usar seleta de legumes em lata (conserva), acrescente agora para evitar que os legumes desmanchem. Prove e, se precisar corrija o sal e a pimenta do reino.

Desligue o fogo, tampe a panela e espere 5 minutos. Sirva em seguida.

Dica: caso prefira preparar o risoto de vó com arroz fresquinho, refogue meia cebola com um dente de alho, junte 1/2 xícara de arroz, misture e deixe refogar também. Aí basta juntar 1 xícara de água e deixar cozinhar até secar pela metade. Depois, coloque os legumes, a cúrcuma e as ervinhas e espere terminar de secar. Para finalizar, deixe descansar por 5 minutos com a panela tampada.

Estas quantidades rendem duas porções de arroz com legumes, ou risoto de vó.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

O que você achou? Tem alguma dúvida? Fez e quer comentar? Fique a vontade para escrever também.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram

%d blogueiros gostam disto: