Você está aqui:  / Carnes / Picadinho de carne no café

Picadinho de carne no café

Não sou muito amiga da carne vermelha nem de comidas ensopadas, mas experimente deixar um prato de picadinho do meu lado que não vai sobrar nada para contar história!

Dia desses no trabalho estávamos falando sobre comidas típicas brasileiras e lembramos do picadinho — principalmente aquele clássico PF caprichado servido com complementos como farofa, ovo frito, couve refogada e etc. Para quê, né? É claro que eu fiquei aguada e não consegui esperar muito para preparar um picadinho caprichado.

Separei todos os ingredientes, coloquei o arroz para cozinhar, comecei a refogar a cebola para a farofa, tirei a carne da geladeira e, ao me virar para a mesa do café da manhã, dei de cara com um restinho de café que ficou no pote. Sabe aqueles milésimos de segundo quando surge uma ideia muito louca na nossa cabeça e a gente decide embarcar na loucura? Lembrei na hora do Lombo suíno assado com café e julguei que valia a pena arriscar: passei o cafézinho e fui na fé.

E não é que meu picadinho no café ficou MUITO bom? O toque de café dá um sabor tostadinho ao molho, um tantinho agridoce super interessante, nem sei explicar. Pois aqui está a receita para que vocês também experimentem!

Picadinho de carne no café

300g. de carne em cubos (filé mignon, miolo de alcatra, acém ou coxão mole)
50g. de bacon em cubinhos
1 cebola pequena bem picadinha
1 dente de alho amassado
1/2 cenoura pequena em cubinhos
1 colher de sopa de farinha de trigo
1/4 de xícara de café passado
1/4 de xícara de molho de tomate
1 colher de sopa de molho inglês
1/2 xícara de água
1 folha de louro
1 colher de café de cominho em pó
1 pitadinha de pimenta calabresa desidratada
1 colher de sopa de salsinha bem picadinha
Azeite, sal e pimenta do reino a vontade00

Coloque o bacon para fritar em sua própria gordura em uma panela quente até quase ficar crocante. Acrescente a cebola e o alho e os refogue, nesta gordura, sem deixar dourar.

Agora é a vez da carne: adicione-a e rapidamente salpique a farinha de trigo por cima. Vá misturando até que todos os pedaços mudem de cor e comecem a dourar — cuidado para não deixar queimar! Adicione o café, o molho de tomate, o molho inglês, a água, o louro, o cominho, a pimenta calabresa e mexa novamente para distribuir bem os sabores.

Quando começar a ferver, abaixe o fogo, tampe a panela com uma fresta para o vapor sair e deixe cozinhar por 20 minutos. Após este tempo, destampe a panela, junte a salsinha, misture novamente e verifique se a carne está macia. Aproveite para provar o picadinho e temperar com sal e pimenta do reino.

Espere mais uns 5 a 10 minutos para o caldo engrossar um pouco mais e sirva em seguida. Se quiser, jogue um pouquinho mais de salsa picadinha por cima.

Para acompanhar, servi o picadinho com nosso velho amigo arroz branco, ovo frito, banana da terra grelhada, Farofa crocante de cebola tostada [clique no link para ver a receita completa] e couve bem fininha frita em óleo para ficar crocante.

Esta quantidade serve bem 2 pessoas.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados ( obrigatório )

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram