Você está aqui:  / Calorias reduzidas / Doces, bolos e sobremesas / Picolé de frutas com água de coco

Picolé de frutas com água de coco

Seja para adoçar a boca depois das refeições ou simplesmente para a gente se refrescar nos dias mais quentes, um sorvetinho é um alívio. O grande problema é que geralmente as composições dos gelados são super calóricas, mesmo os de frutas, o que faz com que tenhamos que resistir à tentação.

Esta versão de picolé de frutas com água de coco é feito apenas com as frutas que você escolher e água de coco. Ou seja, 100% natural e super saudável, que dá até para tomar picolé todos os dias após o almoço.

E o mais legal é que fica lindo, então até as crianças adoram. Sem contar que é uma excelente oportunidade de consumir mais água (e a de coco ainda tem sais minerais e eletrólitos que repõem a hidratação mais efetivamente, ótima para os dias mais quentes.

Aproveita que o restinho do verão veio com tudo e abasteça o seu congelador!

Picolé de frutas com água de coco

Frutas picadas (escolhi as cítricas: abacaxi, kiwi e tangerina)
Água de coco

Lave bem as forminhas e seque-as.

Dica: Eu comprei pela internet (tem diversos sites que vendem, é super baratinho), mas se você não tiver, pode usar copinhos de café como forma.

Corte as frutas em pedaços que caibam dentro da forminha que irá usar. Arrume-as e espete os palitos, de forma que fiquem firmes para não caírem. Cuidado para não exagerar nas frutas pois é necessário que haja espaço para a água de coco (é ela que vai “juntar” tudo formando o picolé).

Após isso, complete as forminhas com a água de coco, deixando cerca de meio centímetro abaixo da borda pois o líquido expande ao congelar. Leve ao freezer por pelo menos 5 horas para que fique firme.

Retire o picolé de frutas com água de coco do freezer uns minutinhos antes de servir para conseguir desenformar.

As quantidades (e o rendimento) variam a gosto.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

O que você achou? Tem alguma dúvida? Fez e quer comentar? Fique a vontade para escrever também.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram

%d blogueiros gostam disto: