Você está aqui:  / Carnes / Sanduíches / Buraco quente ou sanduíche mexicano de carne moída

Buraco quente ou sanduíche mexicano de carne moída

BuracoQuenteSanduicheMexicano_CozinhandoPara2ou1

Como já contei aqui, decidir o cardápio e preparar o jantar é, para mim, uma dificuldade. Por isso, acabo quase sempre apelando para os sanduíches, que são mais práticos e fáceis de fazer. E um dos meus preferidos de sempre é o Buraco quente, feito com um pão crocante recheado de carne moída bem temperadinha e um toque de parmesão.

Para deixá-lo ainda mais prático, eu gosto de já preparar duas receitas e congelar porções individuais. Aí, antes de sair de casa pela manhã, retiro o pacotinho do congelador e deixo descongelando na geladeira. Na hora de comer, é só esquentar no micro-ondas ou então em uma panelinha e colocar no pão. Mais prático (e delicioso), impossível!

Nas férias do começo do ano que passei em Santos, descobri que lá na baixada este sanduíche é chamado de mexicano — não me perguntem o motivo. Depois disso, não sei porque fiquei um tempão sem comer o Buraco quente e, desde a época da Copa do Mundo, quando vi a receitinha no Gordelícias, estava adiando para fazê-lo novamente. Mas finalmente matei a vontade e aproveito para colocar aqui a minha versão.

300g. de carne moída
2 colheres de sopa de cebola bem picadinha
1 dente de alho amassado
2 colheres de sopa de caldo de limão ou de vinagre
4 colheres de sopa de extrato de tomate
1/2 colher de sopa de páprica doce
1/2 pimenta dedo de moça picadinha
5 azeitonas picadas
Azeite, sal e pimenta do reino a vontade
+/- 3 colheres de sopa de queijo ralado
Pães franceses para servir

Aqueça em uma panela um generoso fio de azeite para refogar a cebola e o alho. Quando começarem a dourar, coloque a carne moída e o caldo de limão ou vinagre — isso ajuda a deixar a carne mais soltinha, sem aqueles grumos grandes. Vá misturando bem até que a carne mude de cor uniformemente, ficando cozida.

Acrescente o extrato de tomate, a páprica, a pimenta e as azeitonas e mexa para distribuir bem os sabores. Depois tempere com sal e pimenta do reino.

Algumas pessoas retiram o miolo do pão, mas eu prefiro cortar os pães ao meio e “amassar” o miolo para as laterais, com cuidado para não furar principalmente o fundo. Comece colocando um pouco de queijo ralado e depois recheie os pães cortados com a carne. Finalize com mais um pouquinho de queijo ralado. Para enfeitar, gosto de colocar uma fatia de pimenta dedo de moça por cima.

Eu não consigo esperar, mas geralmente a gente leva o sanduíche ao forno bem quente por alguns minutinhos só para derreter o queijo. E, para o sanduíche ficar ainda mais “quente”, sirvo acompanhado de um bom molho de pimenta.

Esta quantidade serve bem duas pessoas e, caso haja sobra, a carne pronta pode ser congelada para ser usada depois ou então para complementar um molho para massa.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

1 Comentário

  • Kellen Alvergara

    /

    Olha, realmente acalentador. Meus parabéns enfáticos para a página. Intensamente delicioso, estou já pensando no meu casamento

DEIXE UM COMENTÁRIO

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados ( obrigatório )

9 + 6 =

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram