Você está aqui:  / Peixes e frutos do mar / Peixe empanado com farofa de amêndoas e avelãs

Peixe empanado com farofa de amêndoas e avelãs

PeixeEmpanadoComFarofaDeAmendoasEAvelas_CozinhandoPara2ou1

Uma opção diferente e um pouco mais leve que os tradicionais pratos pesados das Festas de Fim de Ano, este peixe é suave e super charmoso para deixar sua ceia para 2 ou 1 mais especial.

Além disso, é muito fácil de fazer e fica pronto rapidinho, perfeito para quem não pretende gastar a tarde toda na cozinha preparando o jantar. E pode aparecer na mesa também durante todos os outros 364 dias do ano.

Peixe empanado com farofa de amêndoas e avelãs

Para cada filé de peixe (linguado, saint peter, tilápia, pescada etc.):
4 colheres de vinho branco (ou de limão espremido)
+/- 3 colheres de sopa de amêndoas trituradas*
+/- 3 colheres de sopa de avelãs trituradas*
Azeite, sal e pimenta do reino a vontade

Tempere o peixe com o vinho, sal e pimenta do reino. Reserve na geladeira por pelo menos uns 20 minutos para que os sabores se intensifiquem. Enquanto isso, unte um refratário com um fiozinho de azeite.

* Para a farofa, comece tostando as amêndoas e avelãs em uma frigideira bem quente por mais ou menos 5 minutos (não é necessário acrescentar nenhum tipo de gordura). Se tiverem casca, é só fervê-las em água por mais ou menos 1 minuto e depois apertar uma das pontas para que a casca se solte. Vá misturando de vez em quando para tostar todos os lados. Retire do fogo e espere esfriar um pouquinho. Em seguida, basta colocar no liquidificador e ir pulsando até triturar bem ou então usar um processador de alimentos.

Distribua as oleaginosas trituradas em um prato e coloque o filé sobre elas, apertando para empanar bem os dois lados do peixe. Coloque o filé empanado no refratário untado com azeite e leve ao forno pré-aquecido em 220ºC por mais ou menos 20 minutos ou até que o peixe esteja cozido e a farofa comece a dourar.

Retire do forno e sirva em seguida. Na foto, pimenta biquinho e folha de louro enfeitam o prato.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

1 Comentário

DEIXE UM COMENTÁRIO

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados ( obrigatório )

10 − 5 =

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram