Você está aqui:  / Matinais / Sanduíches / Sem glúten / “Pão de queijo” de frigideira

“Pão de queijo” de frigideira

Um café da manhã caprichado e sem pressa é a melhor forma de começar bem um dia, principalmente durante os finais de semana, quando a gente tem um pouco mais de tempo e de calma para se alimentar bem. É por isso que, sempre que não tenho nenhum compromisso, procuro pensar em opções interessantes para variar o cardápio.

Tenho cada vez mais me programado para conseguir esse tempo para mim e tem sido ótimo: realmente o dia segue mais calmo e agradável. E nem sempre precisa ter coisas muito sofisticadas: este “pão de queijo” de frigideira é um excelente exemplo de comidinha gostosa, simples, rápida e fácil de fazer. Fica pronto literalmente em três minutinhos, enquanto você passa o café, esquenta o leite e tira a manteiga da geladeira.

Com a ideia de compartilhar essas experiências, até criei uma hashtag especial no Instagram (já segue a gente lá?). Acompanhe a #DesjejumCP2ou1 para ver ideias para preparar cafés da manhã diferentes e completos.

“Pão de queijo” de frigideira

4 colheres de sopa de goma de tapioca (veja AQUI como fazer)
1 ovo
1 colher de sopa de requeijão (ou requeijú ou creme de ricota)
2 colheres de sopa de queijo parmesão ralado00
1 pitada de sal

Quebre o ovo em uma tigela média e bata rapidamente com o garfo apenas para misturar a clara com a gema. Junte o requeijão, adicione a goma de tapioca e misture para integrar tudo bem e dissolver os gruminhos que podem se formar.

Por fim, acrescente o queijo e mexa bem. Tempere com uma pitada de sal.

Aqueça uma frigideira antiaderente e, caso queira, unte com algumas gotinhas de azeite. Despeje a mistura sobre ela e espere que o fundo comece a dourar e a superfície fique firme. Com a ajuda de uma espátula ou um prato, vire o pãozinho e deixe dourar o outro lado.

Sirva em seguida com manteiga, requeijão, geleias ou até mesmo puro.

Estas quantidades rendem um “pão de queijo” de frigideira.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

O que você achou? Tem alguma dúvida? Fez e quer comentar? Fique a vontade para escrever também.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram

%d blogueiros gostam disto: