Você está aqui:  / Segunda Sem Carne / Tortas e quiches / Vegetariana / Frigideira de palmito da Rita Lobo

Frigideira de palmito da Rita Lobo

Muita gente me pergunta: mas você não cansa de fazer as receitas da Rita Lobo? Acho que nem precisa dizer que não, né? 😉

Não é questão de ser baba ovo ou de insistir no assunto e ficar repetitiva, eu realmente adoro as dicas dela principalmente para variar o cardápio no dia a dia. Acredito muito na forma dela mostrar que dá, sim, para fugir da mesmice com ingredientes simples, de verdade, acessíveis, brasileiros. E melhor ainda: com preparações fáceis, que todo mundo consegue fazer.

Eu não me canso se falar do trabalho dela porque sem ele, o que eu faço aqui hoje poderia até nem existir. Desde o meu primeiro blog, que era mais um diário virtual mesmo (e pelo qual conheci muitos dos amigos que também me seguem aqui), o @panelinha_ritalobo faz parte da lista de links (que a gente chamava de #blogroll).

No fundo, meu sonho secreto era ser ela. Como não dá, eu me conformo em reproduzir as receitas, me inspirar e ir aprendendo com ela (inclusive a montar a mesa e a fazer as fotos).

Então é isso, se eu fosse vocês faria como eu e aproveitava todas as dicas da Diva Lobo.

Frigideira de palmito da Rita Lobo

3 ovos
1 tolete de palmito pupunha fresco (cerca de 125g.)
1 batata pequena em cubos de 1cm.
1/2 tomate em cubos (sem as sementes)
1/2 cebola pequena em cubinhos
1 dente de alho amassado ou bem picadinho
1/4 de xícara de leite de coco (de preferência caseiro)
1/2 colher de chá de farinha de trigo
1 colher de sopa de azeite
2 ramos de coentro
Sal e pimenta do reino a vontade

Preaqueça o forno a 180 ºC (temperatura média).

Coloque a batata em uma panela pequena, cubra com água fria e leve ao fogo alto. Quando ferver, abaixe o fogo e deixe cozinhar por 5 minutos. Escorra a água e transfira a batata para uma tigela. Reserve.

Leve ao fogo médio uma frigideira de 20cm. de diâmetro com borda alta e que possa ir ao forno. Quando aquecer, regue com o azeite, adicione a cebola, tempere com uma pitada de sal e refogue até murchar. Junte o palmito, a batata cozida e mexa por 3 minutos. Acrescente o tomate e o alho, tempere com 1 pitada de sal e refogue por mais 2 minutos. Por último misture o coentro.

Regue o refogado com o leite de coco, salpique com a farinha e misture bem. Desligue o fogo.

Em uma tigela pequena, quebre um ovo de cada vez e transfira para outra tigela – se um estiver estragado você não perde a receita. Bata com um garfo, apenas para misturar as claras com as gemas (não bata demais ou ele ficará muito duro).

Junte ao refogado de palmito cerca de 1/3 dos ovos batidos e misture delicadamente. Acrescente o restante dos ovos batidos (não precisa misturar) e leve ao forno para assar por 20 minutos ou até ficar firme. Sirva a seguir. Fica uma delícia com salada de folhas e molho de alcaparras.

Estas quantidades servem duas porções.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

1 Comentário

  • jeane

    /

    SAo otimas as receitas da Rita lobo…adoro os programas dela .

O que você achou? Tem alguma dúvida? Fez e quer comentar? Fique a vontade para escrever também.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram

%d blogueiros gostam disto: