Você está aqui:  / Doces, bolos e sobremesas / Arroz doce rápido (na panela de pressão)

Arroz doce rápido (na panela de pressão)

Arroz doce é uma das minhas sobremesas tradicionais preferidas, ganhando até do Pudim de leite. Talvez porque arroz doce me lembre da vó Nair, afinal era uma das sobremesas que ela fazia ao menos uma vez por mês quando eu era criança. Talvez seja só porque eu amo mesmo. 😛

A questão é que ele é uma das coisas de que eu mais tenho vontade, vira e mexe, e que eu mais me arrependo de comer fora de casa. Não sei porque as pessoas cismam de cozinhar o arroz na água e depois juntar o leite, porque aí ele fica com aquele gostinho de nada disfarçado de leite condensado que não engana ninguém. Não adianta, até hoje não comprei UM arroz doce que tenha me agradado.

O lance, então é fazer em casa. Mas aí entra a dona preguiça, que acaba sempre me desencorajando a ficar um tempão mexendo a panela para o doce não grudar no fundo. Nisso, a vontade acaba passando e eu volto a esquecer da sobremesa.

O grande problema é que eu acabei descobrindo uma possibilidade mágica de diminuir drasticamente o tempo de preparo usando a panela de pressão. E eu só me convenci a testar porque a receita era da chef Janaína Rueda, esposa do chef Jefferson Rueda da Casa do Porco.

Confiei na credibilidade da “dona Onça” e arrisquei minha meia lata de leite condensado nela. E não é que valeu a pena?

O problema é que agora lascou: acabei perdendo a desculpa da preguiça para enganar a vontade de comer arroz doce! E agora, quem irá me ajudar? 😉

Arroz doce rápido (na panela de pressão)

3/4 de xícara de arroz (agulhinha)
1 colher de sopa de azeite
3 xícaras de leite integral
1/2 lata de leite condensado
1 canela em pau
2 cravos da Índia
Canela em pó à vontade para servir

Aqueça a panela de pressão, coloque o azeite e refogue o arroz até que todos os grão estejam bem untados.

Junte o leite, o leite condensado, a canela e o cravo. Em fogo alto, misture até começar a ferver.

Abaixe o fogo, tampe a panela e comece a contar 8 minutos após o chiado.

Retire a pressão com cuidado e abra a panela. Misture e, se estiver muito seco, acrescente um pouquinho de leite ou de água. Deixe ferver por mais 2 ou 3 minutinhos pada engrossar, sem parar de misturar para não grudar no fundo.

Coloque o arroz doce em um pote com tampa e espere esfriar antes de levar à geladeira. Conserve resfriado por 3 ou 4 dias. Sirva as porções com um pouco de canela em pó por cima.

Estas quantidades servem cerca de 6 porções.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

O que você achou? Tem alguma dúvida? Fez e quer comentar? Fique a vontade para escrever também.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram

%d blogueiros gostam disto: