Você está aqui:  / Doces, bolos e sobremesas / Matinais / Bolinhos de banana com aveia (cupcake/ muffin)

Bolinhos de banana com aveia (cupcake/ muffin)

IMG_20130801_150038_ed

Não sei qual é a diferença entre cupcake e muffin, por isso chamo tudo de bolinho mesmo. Fiz um frankenstein de receitas e esta ficou uma fofura, super saborosa e funcional por causa da aveia — ótima para o café da manhã e uma excelente ideia para aproveitar aquela banana esquecida na fruteira, quase estragando.

1/2 xícara de aveia em flocos
3/4 xícara de farinha de trigo (pode ser da integral)
1/4 xícara de açúcar (pode ser do mascavo)
1 colher de chá de canela em pó (opcional)
1 pitada de sal
1 ovo
1/2 xícara de leite
2 colheres de sopa de óleo vegetal
1 banana nanica bem madura
1 colher de chá de fermento em pó
1/2 colher de chá de bicarbonato de sódio

Misture e peneire os ingredientes secos menos a aveia e adicione-a em seguida. Em vez da farinha branca, usei a integral e também substituí o açúcar por mascavo.

Em uma tigela, bata os ovos rapidamente e acrescente o leite e o óleo. Coloque a banana e integre-a bem. Despeje essa mistura sobre os ingredientes secos e misture até que formem uma massa homogênea.

Dica: geralmente a banana é misturada às massas de bolo já bem amassadinha, quase como uma pasta grossa. Eu acho que assim a banana quase desaparece no meio do bolo, além da massa geralmente ficar mais pesada. Por isso prefiro cortá-la em rodelas não muito grossas e depois picá-las em pedaços menores. Assim, a massa não fica muito densa e a gente sente a banana conforme vai mordendo o bolinho. Mas fique à vontade para usá-la como preferir.

Coloque a massa em forminhas untadas com manteiga e farinha de trigo ou forradas com forminhas de papel (eu usei de silicone, que não precisam ser untadas) e preencha-as até 3/4 da sua capacidade. Leve-as ao forno pré-aquecido em 200ºC por mais ou menos 20 minutos (faça o teste do palitinho, se ele sair seco, está pronto). Eu salpiquei por cima um pouquinho de açúcar mascavo com um tiquinho de canela só para dar um charme.

Esta receita rende entre 4 e 6 bolinhos, dependendo do tamanho. E eu particularmente prefiro comê-los no café da manhã do dia seguinte, ficam ainda mais saborosos.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

12 Comentários

  • Sarah

    /

    Posso substituir o óleo pôr outro ingrediente?? Ou simplesmente elimina-lo!??

  • Luciana C.

    /

    Sarah, você poderia substituir por azeite ou manteiga derretida. Nunca fiz sem o óleo, pois ele ajuda a dar a textura do bolinho.

  • Nana Lima

    /

    delicioso!!! troquei metade da quantidade de farinha de trigo por farinha de linhaça dourada. Soberbo!! ^_^

  • Luciana C.

    /

    Nana, que delícia que deve ter ficado! Vou fazer assim da próxima vez para experimentar. 🙂
    Beijo e volte sempre.

  • Ana Lucia

    /

    Nunca utilizei a forminha de silicone sem untar ou forrar, adorei saber que não gruda.

  • Luciana Carpinelli

    /

    Ana, essa dica é ótima.
    Só tive problemas com forminhas que tem pontas muito fundas ou com massas mais secas, sem alguma gordura. De resto, sempre dá certo! 😉
    Beijo e volte sempre.

  • Aline

    /

    Sou muito fã dessa receita! Uso banana prata e oleo de coco e gunciona muito bem (sempre uso duas bananas beeeem pretinhas de tão maduras). Já fiz com maças tbm e funcionou muito bem! Obrigada por compartilhar suas criações!

  • Luciana Carpinelli

    /

    Eu também adoro esses bolinhos, Aline. E muito obrigada por compartilhar essas variações, tenho certeza de que podem ser úteis para mais alguém 🙂
    Você usou banana maçã ou as maçãs mesmo? Se foi com as últimas, nunca experimentei essa variação, vou tentar!
    Beijo e volte sempre.

  • Luciana Carpinelli

    /

    Oi, Paulo. Você pode, sim, congelar os bolinhos.
    Espere que esfriem completamente, embrulhe-os bem e individualmente em plástico filme ou papel alumínio (sem deixar nenhuma parte da massa exposta) e coloque-os dentro de sacos plásticos próprios para congelamento (tipo ziploc), retirando o máximo de ar que conseguir. Etiquete com a data e o nome da receita e mantenha no congelador/freezer por até 6 meses.
    Para descongelar, basta deixá-los na geladeira até que voltem a ficar macios. Caso queira, esquente-os rapidamente em forno baixo ou coloque fatias na torradeira (fica uma delícia!).
    Grande abraço e volte sempre 🙂

O que você achou? Tem alguma dúvida? Fez e quer comentar? Fique a vontade para escrever também.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram

%d blogueiros gostam disto: