Você está aqui:  / Matinais / Pães e biscoitos / Pão Challah para o World Bread Day 2017

Pão Challah para o World Bread Day 2017

Pão Challah: depois de tanto tempo sem preparar pães, este foi uma bela surpresa. Uma receita super fácil, que não precisa de sova e que resulta em uma massa fofinha e aerada, levemente adocicada. É quase um brioche só que menos gorduroso, uma vez que utiliza pouco óleo, pouca manteiga, menos ovos e leva um tiquinho de iogurte, que contribui para que fique bem leve. E ainda conta com o charme das sementes de papoula por cima, que eu amo (mas se você não tiver, tudo bem).

É com ele que participo, pela terceira vez, do World Bread Day. Hoje, no Dia Mundial da Alimentação, buscamos celebrar a comida em sua essência — da nutrição básica até o prazer de degustar pratos preparados com amor e bons ingredientes. Por isso, a Zorra, blogueira do Kochtopf, há mais de 10 anos começou a mobilizar outros foodbloggers ao redor do mundo a divulgarem receitas e dicas com o objetivo de multiplicar a arte da panificação, para que mais e mais pessoas também adquiram a autonomia sobre o seu pão, o alimento básico.

Fazer o próprio pão é um ato empoderador! A gente escolhe apenas os ingredientes que deseja consumir, transforma-os em massa, modela com amor e espera pacientemente que cresça para enfim assar, sentir o perfume tomar a casa e finalmente provar o seu sabor. Para mim, é um ritual que me desliga de todos os pensamentos, em que me concentro apenas em transformar a farinha e complementos em comida.

Para este ano, escolhi um pão judaico super fácil de fazer, o Pão Challah. Receita da Rita Lobo, lá do site Panelinha. Precisa dizer que não tem erro?

Aproveite então e vamos comemorar o Dia Mundial do Pão com a mão na massa! 🙂

Pão Challah para o World Bread Day 2017

2 xícaras de farinha de trigo
5g. de fermento biológico seco
1/2 xícara de água morna
1/4 de xícara de açúcar
1 ovo ligeiramente batido
1 colher de sopa de óleo
2 colheres de chá de iogurte natural
3 colheres de chá de manteiga em temperatura ambiente
1 gema para pincelar
1 colher de chá de mel
1/2 colher de chá de azeite
Sementes de papoula para decorar (opcional)
Manteiga e farinha de trigo para untar e polvilhar a forma

Em uma tigela, junte o fermento, a água morna e o açúcar. Misture com um garfo até dissolver. Cubra com um pano de prato limpo e deixe descansar em local seco por 15 minutos ou até formar uma espuma.

Em outra tigela, grande, coloque a farinha, faça um buraco no meio e regue com o fermento diluído. Acrescente o ovo ligeiramente batido, o óleo, a manteiga e o iogurte. Misture bem com as mãos até obter uma massa homogênea. Cubra com um pano de prato limpo e deixe descansar por cerca de 1 hora ou até dobrar de volume.

Sobre uma superfície limpa, espalhe um pouco de farinha de trigo. Divida a massa em 3 partes e faça rolos de 30cm. cada.

Junte os rolos, apertando uma das extremidades. Trance os rolos até o fim e aperte a outra extremidade. Cubra a trança com um pano de prato limpo e deixe crescer por mais 30 minutos.

Enquanto isso, preaqueça o forno a 180ºC (temperatura média). Unte uma forma de bolo inglês com manteiga e polvilhe com farinha de trigo.

Numa tigelinha, misture bem a gema, o mel e o azeite. Depois que o pão crescer, pincele com essa misturinha. Polvilhe com as sementes de papoula.

Coloque o pão challah na forma e leve ao forno. Deixe assar por 40 minutos. Sirva quente ou frio.

Navegue por todas as nossas receitas de pão ou aproveite para conferir outros pães deliciosos e comemorar também o Dia Mundial do Pão! 🙂
_ Pão de Batata Recheado da Carla (Brizando na Cozinha)
_ Pão sem sova da Leiliane (Blog da Leili)
_ Pão sírio da Sandra (Receitas do Caldeirão)
_
Pão doce com soro de kefir da Raquel (Na Birosquinha)
_ Brioche pata de cachorro da Regina (NacoZinha Brasil)
_ Pão de Milho Verde da Ana Paula (Menu Criativo)
_ Pão torcido de cebola da Angela (Ora Pitangas)
_ Cinnamon pull apart bread da Sandra (Better Call San)
_ Pão de frios da Cintya (Cozinhar é Preciso)
_ Pão de azeite e manjericão da Lylia (Simples Assim)

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados ( obrigatório )

15 − oito =

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram