Você está aqui:  / Segunda Sem Carne / Sem glúten / Sem lactose / Vegana / Vegetais / Vegetariana / Estrogonofe de berinjela (receita vegana)

Estrogonofe de berinjela (receita vegana)

Depois que descobri que a berinjela japonesa é mais suave e tem um sabor quase adocicado, resolvi experimentar outras formas de preparo. Quem sabe assim não descubro que eu gosto mesmo dela?

Pois não é que então hoje temos aqui um estrogonofe de berinjela — e quem é que não gosta(va) de berinjela? 😁

Para esta receita, fiz um estrogonofe com molho vegano bem cremoso com leite de aveia e castanhas que ficou muito melhor até do que eu esperava. Teve também cogumelos frescos (para garantir que eu ia gostar de pelo menos alguma coisa nesse prato 😉).

O arroz integral, que ficou um pouquinho duro, ganhou cor e sabor com um tanto de cebolinha. E, para fechar com chave de ouro, cebola crocante porque esqueci da batata palha (ou whatever) e porque qualquer coisa é desculpa para colocar cebola fritinha nos meus pratos.

Ficou realmente uma delícia e eu almocei bem da feliz, viu? Por isso fica a dica: experimentem receitas diferentes com os ingredientes que vocês (ainda) não gostam. Quem sabe você não gosta é do modo de fazer e não propriamente deles?

Estrogonofe de berinjela (receita vegana)

1 berinjela em cubos não muito pequenos (usei a japonesa mas pode ser a normal)
1/4 de xícara de aveia em flocos
1/2 xícara de castanhas de caju (sem sal)
1/2 cebola picada
1 dente de alho bem picadinho ou amassado
1/4 xícara de vinho tinto seco (opcional)
1 colher de sopa de extrato de tomate
1 colher de chá de páprica doce
1 colher de sopa de mostarda (de preferência dijon)
3/4 xícara de água
100g. de cogumelos paris frescos fatiados
Azeite, sal e pimenta do reino a vontade

Antes de começar, coloque a aveia e as castanhas em uma tigela e cubra com água fervente. Abafe com uma tampa ou prato e deixe descansar.

Aqueça um fio de azeite, refogue a cebola e o alho até ficar transparente e depois acrescente a berinjela e deixe tostar todos os lados, sem mexer muito. Se for utilizar o vinho, regue a panela com ele e deixe cozinhar até que o cheiro de álcool diminua bastante.

Adicione o extrato de tomate, a páprica e a mostarda, misture bem e coloque a água. Deixe cozinhar até o caldo reduzir pela metade. Tempere com sal e pimenta do reino e junte os cogumelos. Deixe cozinhar por mais ou menos 5 minutos.

Enquanto isso, escorra as castanhas e a aveia e descarte esta água. Junte 1/2 xícara de água filtrada e bata no liquidificador ou com um mixer até obter um creme homogêneo. Passe esse creme por uma peneira para retirar o excesso (você pode juntar este resíduo a massas de bolo e pão, sopas etc.).

Para finalizar, incorpore o creme de castanhas e aveia e misture até começar a engrossar. Prove e, se precisar, corrija o sal.

Esta receita serve bem duas pessoas. Na foto, acompanhei de arroz integral com cebolinha e cebola crocante. Se preferir, sirva com batata palha feita no forno sem gordura ou chips crocantes de legumes.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

O que você achou? Tem alguma dúvida? Fez e quer comentar? Fique a vontade para escrever também.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


@CozinhandoPara2ou1 no Instagram

%d blogueiros gostam disto: