Você está aqui:  / Entradas e petiscos / Saladas e molhos / Sanduíches / Salpicão de frango leve

Salpicão de frango leve

Salpicão de frango é um clássico. Vai bem como uma salada fresquinha, fica uma delícia com torradinhas ou em barquetes, vira um sanduíche caprichado e ainda dura bem uns três dias na geladeira, ficando ainda mais gostoso com os sabores mais acentuados.

Esta versão é mais leve pois é feita com iogurte, que também dá um gostinho especial à mistura. Eu, particularmente, até prefiro meu salpicão feito assim somente com iogurte, mas se você quiser pode acrescentar um pouquinho de maionese para deixar com a textura mais próxima da receita original.

Esta é uma daquelas preparações básicas para aprender e decorar pois combina com qualquer situação, do jantarzinho rápido durante à semana até o almoço em família, passando pelos happy hours com os amigos e aqueles bons drinks para acompanhar. Anota aí!

Salpicão de frango leve

1 xícara de frango desfiado (veja AQUI como fazer)
1/2 cebola pequena picada
1/2 xícara de cenoura ralada
1/4 de xícara de salsão picadinho bem miúdo
1/2 maçã fuji em cubinhos
1/2 limão espremido
1 punhado de salsinha picada
1/2 xícara de iogurte natural (uso o Iogurte natural caseiro)
Azeite, sal e pimenta do reino a vontade

Em uma tigela grande, coloque o frango e junte a cebola, a cenoura, o salsão, a maçã, o limão é a salsinha. Misture para integrar bem.

Aos poucos, vá adicionando o iogurte e mexendo para distribuir homogeneamente. Você pode usar um pouco mais ou um pouco menos de iogurte, conforme preferir (para deixar mais grudadinho ou mais cremoso). Se quiser, acrescente uma ou duas colheres de sopa de maionese.

Dica: para não deixar o salpicão aguado, use o iogurte drenado. Basta cobrir uma peneira com um guardanapo de pano e colocar o iogurte para escorrer o caldo. Mantenha da geladeira da noite para o dia, assim o iogurte fica mais cremoso e o caldo não vai soltar no salpicão.

Prove e tempere com sal e pimenta do reino. Mantenha na geladeira e sirva gelado.

Estas quantidades servem bem duas porções.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

O que você achou? Tem alguma dúvida? Fez e quer comentar? Fique a vontade para escrever também.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram

%d blogueiros gostam disto: