Você está aqui:  / Acompanhamentos / Carnes / Congelados / Entradas e petiscos / Sem glúten / Bolinho caipira (massa de milho com recheio de carne)

Bolinho caipira (massa de milho com recheio de carne)

O bolinho caipira é um petisco super tradicional na região do Vale do Paraíba. Ao longo do tempo, ele se espalhou principalmente pelo interior de todo o estado de São Paulo, ficando ainda mais famoso. Mas pudera: é tão gostoso que fica difícil de resistir!

Já fazia muito tempo que eu estava querendo prepará-lo em casa, mas foi com o friozinho se aproximando que a vontade apertou. O tempo fechou no fim de semana e eu só pensava em um Quentão caprichado acompanhando um prato de bolinhos caipiras. Para mim, uma combinação mais que perfeita para esta época do ano, quando se aproximam as Festas Juninas. Aliás, combinação tão perfeita que valeu a pena sair para o supermercado em busca dos ingredientes, além da farinha de milho orgânica artesanal que eu já tinha em casa.

Minha mãe tinha copiado uma receita meio incompleta que fiquei com receio de seguir e dar errado. Aí me lembrei desta, que eu trouxe lá da Cozinha da Matilde, blog da Letícia Massula, levemente adaptada para diminuir o rendimento e não sobrar muito.

Bolinho caipira (massa de milho com recheio de carne)

Para a massa do bolinho caipira:
250g. de farinha de milho amarela (grossa)
1 colher de sopa de farinha de mandioca
+/– 750ml. de caldo de carne ou água quente
1 colher de sopa de óleo
Sal a vontade

Para o recheio do bolinho caipira:
200g. de carne moída (fraldinha, patinho etc.)
1/2 cebola média em cubinhos
2 colheres de sopa de cheiro verde picadinho
Sal e pimenta do reino a gosto

Bata a farinha pura (sem água, sem nada) no liquidificador, para desfazer os grumos e virar um pó mais fino.

Coloque a farinha batida e a de mandioca em uma tigela, junte o óleo e adicione o caldo quente aos poucos. Comece misturando com uma colher, mas assim que aguentar a temperatura você deve começar a sovar a massa com as mãos.

Sove bem e acrescente mais caldo de acordo com a necessidade. Ao final vc deve obter uma massa lisa e fácil de moldar (com a consistência das massinhas de modelar). Deixe a massa descansar por meia hora coberta com filme plástico.

Enquanto isso, em outra tigela misture a carne, a cebola, o cheiro verde e tempere com sal e pimenta do reino. Está pronto o recheio (a carne entra crua mesmo no bolinho e vai cozinhar durante a fritura).

Abra pequenas porções de massa na palma da mão e recheie com um pouco da carne moída temperada. Feche o bolinho formando pequenos charutinhos.

Frite em óleo quente mas não muito quente, senão ele doura muito rápido, a carne não cozinha direito e fica seco por dentro. Vá testando a temperatura e experimentando os bolinhos até chegar ao ideal.

Retire os bolinhos do óleo e deixe escorrer sobre papel absorvente. Sirva em seguida com um bom molho de pimenta.

Estas quantidades rendem em média 20 bolinhos. Eu congelei alguns já fritos e, depois de descongelados de um dia para o outro na geladeira, aqueci no forno em 180ºC, virando de tempos em tempos, sem deixar dourar (ficaram ótimos!). No congelador, duram cerca de 3 meses.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados ( obrigatório )

5 × 5 =

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram