You are here:  / Doces, bolos e sobremesas / Torta de maçãs com creme

Torta de maçãs com creme

Jpeg

Apesar de ser super doceira, cada vez menos preparo sobremesas em casa. Além de evitar a tentação de comer tudo sozinha de uma vez, ultimamente tenho preferido os pratos salgados (será que estou doente? 😛 ).

Só que num belo domingo de chuva, estava sozinha em casa e sem nada para fazer e resolvi dar um pulinho no supermercado. Passeei pelos corredores em busca de alguns ingredientes interessantes e acabei de apaixonando pela banca das maçãs: estavam tão lindas e grandes e lustrosas que não resisti! Escolhi as mais bonitas e saí com elas em busca de companheiros.

Andei, andei e a inspiração não vinha com potencial. Pensei em alguma carne de porco, em uma geleia (mas desisti ao pensar nelas amassadinhas e nada fotogênicas) e acabei inventando de fazer uma versão daquela famosa tortinha de morangos que a gente sempre encontra nas docerias. Nunca tinha visto uma assim, ainda mais com as maçãs coloridas, mas adorei a ideia.

Talvez em uma próxima vez eu pensaria em arrumar as fatias de maçã ao redor da torta, formando um círculo (e não desse jeito meio oval e disforme). De qualquer forma, acho que as fotos ficaram lindas. Cores e mais cores sempre funcionam bem. :)

Torta de maçãs com creme

Para a massa:
1 xícara de farinha de trigo
3 colheres de sopa de maisena
2 colheres de sopa de manteiga gelada
2 colheres de sopa de açúcar
1 fio de água (o quanto for necessário)

Para o recheio:
1 e 1/2 xícara de leite
5 colheres de sopa de açúcar
2 colheres de sopa de maisena
1 gema
1 colher de sopa cheia de manteiga
1 colher de chá de extrato ou essência de baunilha

Para a cobertura:
2 a 3 maçãs grandes (usei uma vermelha e outra verde)
1/2 limão
500ml. de água
5g. de gelatina sem sabor
1/2 xícara de água
2 colheres de sopa de açúcar
Folhas de hortelã para enfeitar

Comece preparando a massa. Para isso, misture em uma bacia ou tigela a farinha, a maisena, a manteiga e o açúcar, usando um garfo ou colher para não esquentar a manteiga, até obter uma farofa grossa. Aos pouquinhos, vá acrescentando a água até dar o ponto de enrolar a massa. Embrulhe em um pedaço de plástico filme e deixe descansar na geladeira por 10 minutos.

Enquanto isso, lave bem as maçãs e corte fatias bem fininhas (se não conseguir com uma faca, use um mandolin/fatiador) e vá mergulhando-as em um recipiente com água e o limão espremido para que não escureçam.

Retire a massa da geladeira e cubra o fundo de uma assadeira com fundo falso (20cm. de diâmetro) e fure com um garfo. Leve ao forno pré-aquecido em 180ºC por mais ou menos 15 minutos ou até começar a dourar. Retire-a do forno e deixe esfriar.

Leve ao fogo o leite e metade do açúcar e deixe aquecer até começar a ferver. Enquanto isso, coloque em uma tigela a gema, a manteiga, a maisena e a outra metade do açúcar, batendo com um garfo ou um batedor de arame. Despeje um pouquinho do leite morno da panela na mistura de gemas e misture bem (isso evita que a gema cozinhe). Quando o leite da panela estiver quase fervendo, junte a mistura de gema e mexa sempre até engrossar e obter um creme. Retire do fogo e deixe esfriar, coberto com um plástico filme (o plástico precisa encostar na superfície do creme para que não forme aquela película grossa sobre ele).

Em uma panelinha, prepare a gelatina de brilho: coloque a água (reserve uns 2 dedos no fundo da xícara) e o açúcar e leve ao fogo, sem mexer, para ferver. Enquanto isso, hidrate a gelatina na água separada e leve ao microondas por 30 segundos. Retire e misture bem. Depois que a calda ferver, coloque a gelatina dissolvida e misture bem para integrá-la à calda. Espere esfriar.

Depois disso, recheie a massa com o creme e vá arrumando as fatias de maçã por cima (eu intercalei as verdes e as vermelhas). Finalize distribuindo a gelatina de brilho e arrume as folhinhas de hortelã.

Esta quantidade serve até 6 pedaços médios. Conserve-a por até 3 dias na geladeira, mas retire um pouco antes de servir para que volte à temperatura ambiente.

Jpeg

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

doze − quatro =

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram