Você está aqui:  / Massas e molhos / Peixes e frutos do mar / Macarrão com creme de espinafre e salmão defumado

Macarrão com creme de espinafre e salmão defumado

Jpeg

Sou superfã de macarrão e para mim não há opção mais prática para um almocinho rápido ou para um dia de preguiça. É por isso que acho que esta massinha com creme de espinafre e salmão defumado tem muito cara de fim de semana: é um prato diferente, bonito, saudável, gostoso e ainda fica pronto rapidinho, no tempo certo do cozimento do macarrão.

Uma excelente sugestão para servir aquela visita de última hora ou para matar a fome ao chegar em casa depois de um dia cansativo. Como os ingredientes podem ser conservados no congelador, dá para manter sempre uma reserva para emergências. Pá-pum e está na mesa! 😉

Macarrão com creme de espinafre e salmão defumado

1 porção de macarrão curto (este que usei é o Castellane)
1 colher de sopa de manteiga de ervas
1 cubinho de folhas de espinafre branqueadas e congeladas(ou 1 xícara de folhas de espinafre frescas picadas)
1/4 xícara de leite
75g. de creme de ricota (meio pote de 150g.)
100g. de salmão defumado em lascas
Folhinhas de endro/dill para finalizar (opcional)

Coloque o macarrão para cozinhar de acordo com as instruções da embalagem para que fique al dente.

Enquanto isso, aqueça em fogo bem baixo uma panela ou frigideira alta e derreta a manteiga de ervas. Acrescente o espinafre ainda congelado ou as folhas frescas e espere que ele se integre à manteiga.

ComoFazerMacarraoComEspinafreESalmao_CozinhandoPara2ou1

Regue com o leite e, quando começar a ferver, coloque o creme de ricota. Misture até integrar bem e formar um creme homogêneo.

Envolva a massa com o creme e coloque no prato. Por cima, distribua as lascas de salmão, finalize com o endro/dill e sirva em seguida.

Esta quantidade serve bem uma pessoa.

Dica: para quem cozinha para 1 ou 2 pessoas, comprar verduras frescas pode virar um grande desperdício. Por isso, costumo comprar um maço de espinafre, fazer o branqueamento das folhas (clique no LINK para ler sobre e saber como fazer) e congelo em forminhas de gelo. Para isso, depois de branquear o espinafre, basta escorrer bem as folhas, espremê-las para tirar o máximo de água (eu espremo na mão mesmo) e colocar os montinhos nas formas de gelo. Depois, levo ao congelador até que virem pedrinhas e as coloco em um saquinho plástico. Assim, elas duram cerca de 3 meses. Na hora de usar, é só colocar as pedrinhas direto na panela. Os talos do espinafre eu uso para fazer sucos verdes ou então bato com caldo de legumes caseiro e congelo também para usar como base de sopas. Outra dica: há no mercado marcas que já vendem os cubinhos de espinafre congelados e outras que o vendem em conserva em latas.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados ( obrigatório )

1 × 4 =

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram