Você está aqui:  / Carnes / Saladas e molhos / Linguiça caramelizada no café com cuscuz nordestino e vinagrete de maçã

Linguiça caramelizada no café com cuscuz nordestino e vinagrete de maçã

LinguicaNoCafeComCuscuzEVinagreteDeMaca_CozinhandoPara2ou1

Adoro cuscuz paulista, amo cuscuz marroquino mas nunca tinha experimentado o tradicional nordestino. Pois é, coisas da vida. Mas graças à Larissa Januário, provei esta delícia no workshop do café 3 Corações do II Encontro Gourmet. Gostei tanto das combinações dela que reproduzi em casa, com algumas pequenas adaptações, a receita. Um prato super diferente e interessante feito com ingredientes simples e baratos.

Para o cuscuz nordestino:
5 unidades de pimenta biquinho cortadas ao meio
1 xícara de chá de farinha de milho pré-cozida para cuscuz
1 1/2 xícara de água
Ervas frescas (usei +/- 1 1/2 colher de sopa de cebolinha)
Azeite e sal a vontade

Para o vinagrete:
1 pimenta de cheiro picada
2 colheres de sopa de cebola picada em cubinhos
1 maçã grande picada em cubinhos
1/2 limão espremido
Sal a vontade

Para a linguiça caramelizada:
300g. de linguiça toscana fina
1 fio de azeite
1/4 copo de cachaça
1 pimenta de bode ou dedo-de-moça picada
1/2 cebola pequena em rodelas finas
1/4 copo de café forte
1/4 copo de melado de cana (ou de mel)

Coloque a farinha de milho em uma tigela, cubra com água e mexa bem para hidratar. Leve a farinha para a cuscuzeira. Se não tiver, forre um escorredor de macarrão de metal com um pano de prato limpo, coloque a farinha e feche como uma trouxinha. Encaixe o escorredor sobre uma panela com água, sem encostar na farinha) e leve ao fogo. (Eu não tinha nem o escorredor, então usei uma peneira grande de metal sobre a panela).

O vapor da água subirá e cozinhará a farinha de milho como na cuscuzeira. Deixe por mais ou menos 10 minutos e, quando estiver macia, desligue o fogo e solte os grumos com um garfo. Junte a pimenta biquinho, um pouco de azeite e tempere com sal e as ervas. Reserve.

Em outro recipiente, prepare o vinagrete juntando a cebola roxa, a maçã, o suco do limão e as pimentas. Acerte o sal e reserve também.

Para a linguiça caramelizada, aqueça uma frigideira antiaderente com o azeite. Coloque as linguiças inteiras e deixe que dourem de todos os lados. Quando começar a “sujar” a panela, coloque um pouco de água e mexa para que a cor passe para linguiça.

Junte a cebola e a pimenta (se quiser menos picante, retire as sementes) e repita esse processo da água até que as linguiças fiquem cozidas e bem coradas e a cebola bem murcha e escura.

Espere a água secar e coloque a cachaça para flambar. Se preferir, espere evaporar até que o cheiro de álcool diminua. Depois finalize com o café e o melado com o fogo já desligado. A ideia é que fique um molhinho escuro no fundo.

Monte o prato com o cuscuz por baixo, sobre ele a linguiça cortada em pedaços não muito pequenos com o molhinho e o vinagrete.

Esta quantidade serve bem duas pessoas e não precisa de mais complementos. Se quiser, acompanhe de uma salada.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

5 Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados ( obrigatório )

quinze − 7 =

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram