Você está aqui:  / Massas e molhos / Orecchiette com ervilhas e bacon

Orecchiette com ervilhas e bacon

Quando o assunto é macarrão, meu sangue italiano não fala baixo. Pelo contrário: se pudesse este seria o cardápio de todos os dias.

Fazia tempo que eu estava procurando orecchiette para comprar. É esta massa super fofa em forma de orelhinhas (que, aliás, é a tradução deste nome em italiano — a pronúncia correta é “orequiéte”). Aí quando comprei fiquei olhando para a embalagem e pensando em uma forma bem gostosa de prepará-la. Até que me lembrei de uma receita da Rita Lobo, esta orecchiette com ervilhas e bacon.

É uma combinação super interessante de sabores que surpreende pela simplicidade: o salgado e a crocância do bacon com o quase adocicado da ervilha e a refrescância da hortelã.

Orecchiette com ervilhas e bacon

1 xícara de orecchiette (ou outra massa curta)
1/2 xícara de ervilhas congeladas
70g. de bacon em cubinhos
1 ramo hortelã fresca
Lascas de queijo parmesão para servir
Sal e pimenta do reino a vontade

Coloque o macarrão para cozinhar de acordo com as instruções da embalagem para que fique al dente.

Enquanto o macarrão cozinha, leve ao fogo médio uma frigideira antiaderente grande. Quando aquecer, coloque os cubos de bacon. Mexa de vez em quando, até dourar.

Deslique o fogo para o bacon não queimar e junte as ervilhas congeladas. Tempere com pimenta do reino moída na hora e sal, se precisar (cuidado pois o bacon costuma ser bem salgado). Misture bem, fora do fogo mesmo, apenas para aquecer as ervilhas.

Escorra a água do macarrão e transfira a massa para a frigideira imediatamente. Coloque em fogo médio, misture bem e prove para acertar o tempero. Salpique as folhas de hortelã e sirva a seguir com as lascas de parmesão por cima.

Estas quantidades servem uma boa porção da orecchiette com ervilhas e bacon.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

O que você achou? Tem alguma dúvida? Fez e quer comentar? Fique a vontade para escrever também.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram

%d blogueiros gostam disto: