Você está aqui:  / Carnes / Congelados / Costelinha suína ao missô

Costelinha suína ao missô

Esta receita de costelinha suína ao missô estava na minha listinha de delícias a serem testadas há muito tempo — aliás, desde que a vi sendo preparada numa das primeiras temporadas do MasterChef brasileiro. Andou esquecida mas ressurgiu no final do ano passado e desta vez não demorou muito para sair do papel.

Não lembro exatamente como a costelinha suína ao missô foi preparada no programa, mas fui fazendo meio que guiada pelo que eu me lembrava e dando meu toque (como um pouco de mel para suavizar o salgado do missô e do shoyo) é o resultado ficou mesmo impressionante!

É uma combinação de sabores tão perfeita que parece até mágica. E a carne fica tão macia que solta todinha do ossos.

Excelente escolha para uma refeição especial, um jantarzinho romântico. E o melhor é que, como é feita na panela de pressão, dá para programar o alarme e ir se arrumar enquanto ela fica pronta.

Vale a pena provar — você não vai se arrepender. 🙂

Costelinha suína ao missô

800g. de costelinha suína cortada em ripas
3 colheres de sopa de missô (pasta fermentada de soja)
1/2 xícara de saquê mirim
2 colheres de sopa de molho shoyo
2 colheres de sopa de mel
1 colher de chá de cebolinha picada (usei a desidratada)
1 cebola roxa ralada
1 dente de alho amassadinho ou bem picado
1 colher de sopa de gengibre ralado
1 pimenta dedo de moça sem as sementes picadinha
1/2 xícara de água
Cebolinha fatiada bem fininha para servir
Azeite, sal e pimenta do reino a vontade

Misture em uma tigela grande o missô com o saquê, o shoyo, o mel e a cebolinha, dissolvendo tudo muito bem. Tempere com pimenta do reino, mergulhe nessa marinada a costelinha já cortada em ripas e deixe descansar por pelo menos 30 minutos na geladeira.

Depois disso, aqueça um fio de azeite em uma panela de pressão e coloque a cebola para refogar. Quando começar a dourar, junte o alho, o gengibre e a pimenta. Adicione os pedaços da costela (sem o molho) é espere começar a tostar todos os lados.

Regue as costelas já seladas com a marinada e a água. Tampe a panela e espere começar a chiar para marcar 30 minutos. Lembre-se de abaixar o fogo.

Enquanto isso, aqueça um bom fio de azeite e frite rapidamente a cebolinha fresca picada até ficar crocante com cuidado para não queimar demais. Escorra sobre papel absorvente e reserve.

Depois do tempo de cozimento, espere a pressão sair antes de abrir a panela. Se ainda tiver muito líquido, deixe cozinhar mais um pouco com a panela aberta para engrossar o molho. As costelas devem estar bem macias, soltando fácil do osso. Prove e, se precisar, corrija o sal.

Sirva em seguida a costelinha suína ao missô, regando com um pouco do molho e salpicando a cebolinha tostada por cima.

Estas quantidades servem três boas porções. (Duvido você comer só uma mas, se sobrar, pode congelar que fica uma delícia depois. Ou então desfie e faça um belo sanduíche.)

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

3 Comentários

  • Rui

    /

    Muito bom/

  • Marina

    /

    Esta quantidade de água é para fazer na panela de pressão elétrica ou na tradicional? Porque sempre reduzo os líquidos receitavam elétrica senão o molho sempre fica muito ralo

  • Luciana Carpinelli

    /

    Marina, não tenho panela elétrica então uso a tradicional mesmo. Estas quantidades são as que uso na panela tradicional.
    Abraço e volte sempre!

O que você achou? Tem alguma dúvida? Fez e quer comentar? Fique a vontade para escrever também.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram

%d blogueiros gostam disto: