Você está aqui:  / Acompanhamentos / Entradas e petiscos / Segunda Sem Carne / Vegetais / Vegetariana / Banana assada com queijo coalho

Banana assada com queijo coalho

Há alguns dias, quando cismei que queria fazer a tal da Paçoca salgada de carne de sol, gastei uns bons momentos pensando em outros itens para montar um prato que valesse por uma refeição completa, apesar dela já ser feita com a farinha de mandioca (que cumpre o papel de carboidrato) e a carne (que seria a proteína). Mas imagina um prato só de farofa?

Para deixá-la mais molhadinha, pensei logo no Molho lambão, um vinagrete típico da região Nordeste do Brasil, que é super colorido e saboroso. Mesmo assim ainda faltava alguma coisa. Fiz uma pesquisa no grupo de foodblogs do Facebook e a Angela, do Ora Pitangas, sugeriu a banana frita — que eu amo e já decidi na hora que seria o ponto final da minha refeição.

Só que até o fim de semana chegar, os algoritmos secretos da internet devem ter trabalhado por mim, pois acabei chegando despretenciosamente ao blog Receitas da Laylita, onde cai diretamente nesta receita de banana assada com queijo. Adaptei o queijo para o coalho, mais comum lá em cima e deixei o prato ainda mais típico — e saboroso!

Posso ser bem sincera? Amei tanto a combinação que eu comeria bem feliz um prato desse de banana assada com queijo coalho, paçoca salgada de carne de sol e molho lambão toda semana!

Banana assada com queijo coalho

2 bananas da terra maduras mas firmes
1 palito de queijo coalho
Azeite, sal e pimenta do reino a vontade

Forre uma assadeira pequena com papel alumínio e unte-o com um tiquinho de azeite.

Descasque as bananas e em cada uma faça um corte no sentido do comprimento, sem separar as metades. Corte o queijo coalho ao meio e coloque cada metade no corte feito nas bananas.

Tempere com sal e pimenta do reino e leve ao forno preaquecido em 180°C até as bananas estarem cozidas e macias e o queijo, com a superfície tostadinha.

Sirva a banana no prato, tempere-a com o Molho lambão e complemente com a Paçoca salgada de carne de sol.

Estas quantidades servem duas pessoas como acompanhamento.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados ( obrigatório )

dezoito − dezesseis =

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram