Você está aqui:  / Acompanhamentos / Saladas e molhos / Molho lambão (vinagrete típico do Nordeste)

Molho lambão (vinagrete típico do Nordeste)

O molho lambão é um clássico da culinária brasileira, muito comum principalmente no Nordeste do país, que acompanha da feijoada à moqueca, passando pelos cozidos, refogados, galinhadas e até pelas saladas. O grande diferencial está no toque apimentado e no sabor do coentro. Ótima alternativa para variar um pouco o sabor do nosso tradicional vinagrete.

Já fui algumas vezes aos nossos estados nordestinos mas sinceramente não me lembro de tê-lo provado in loco (talvez porque pensei que fosse simplesmente um molho vinagrete que estou cansada de ver). Fui mesmo conhecê-lo em um dos programas da Rita Lobo, Cozinha Prática. Ou seja, pode apostar sem medo neste molho lambão que esta é mais uma receita certeira do Panelinha.

Molho lambão (vinagrete típico do Nordeste)

1 tomate maduro mas ainda firme
1/2 cebola roxa
1/4 de pimentão amarelo
1/2 pimenta dedo de moça ou 1 pimentinha malagueta
2 colheres de sopa de coentro picadinho
1 limão espremido
1/4 de xícara de vinagre de vinho branco
2 colheres de sopa de água
2 colheres de sopa de azeite
Sal a gosto

Lave e seque bem o tomate, a cebola e o pimentão. Então, corte-os em cubinhos de tamanhos parecidos — quanto menores, mais bonito vai ficar seu molho. Coloque-os em uma tigela e reserve.

No liquidificador, bata a pimenta dedo de moça com um pouquinho do coentro, o limão, o vinagre, a água e o azeite até ficar um molho homogêneo.

Regue os legumes picados com este molho, tempere com uma pitadinha de sal, junte o restante do coentro picado e misture bem. Como gosto de mastigar a pimenta, piquei bem fininho um outro pedaço e misturei junto.

Sirva seu molho lambão em uma molheira e deixe curtir por alguns minutos antes de servir para integrar bem os sabores. Se não for consumir tudo, mantenha em um pote bem fechado na geladeira (nesse caso, sugiro não colocar todo o coentro e guardá-lo para integrá-lo pouco antes de servir — assim evita que ele oxide e deixe o molho muito amargo).

Estas quantidades rendem até 4 porções bem servidas.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

2 Comentários

  • Ariana

    /

    Vou provar final de semana!!!!! 😍😍😍😍

  • Luciana Carpinelli

    /

    Ari, tenho certeza que você vai amar. É muito bom! 🙂
    Beijão

DEIXE UM COMENTÁRIO

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados ( obrigatório )

2 × cinco =

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram