Você está aqui:  / Acompanhamentos / Segunda Sem Carne / Vegetais / Vegetariana / Chuchu com molho branco da Vó Nair

Chuchu com molho branco da Vó Nair

Agora que já estou mais amiga da berinjela, resolvi redescobrir outros legumes que não costumo consumir para tentar experimentar novas formas de preparo.

Confesso que não tenho o hábito de comprar chuchu — não tenho nada contra ele, nem nada muito a favor. Acho meio sem graça e não vejo como pode agregar aos pratos, mas por que não usá-lo para variar um pouco mais os cardápios?

Toda vez que comento sobre chuchu com minha mãe (ela adora e faz sempre), acabamos falando sobre essa receita que a Vó Nair fazia muito. Ela vive dizendo que é uma delícia e que eu deveria fazer, nem que fosse só para publicar no blog (sim, vou publicar em breve).

Pois esta semana, por falta de opção, incluí um chuchu no pedido da quitanda e ele veio com destino certo: a tal receita da vó.

Vamos combinar que qualquer coisa com um molho branco e queijo ralado fica gostoso, né? Mas continuo achando que o chuchu não é nada demais e que não faz muita falta na minha vida.

(Aliás, estou aceitando dicas de receitas deliciosas com ele — agradeço se tiver alguma para compartilhar! 🙂 )

Chuchu com molho branco da Vó Nair

1 chuchu
1 colher de sopa de manteiga (pode ser azeite)
1/2 cebola pequena em cubinhos
1 colher de sopa de maisena
1 xícara de leite (pode ser vegetal)
1 colher de sopa de ervas frescas picadinhas
1/4 de xícara de queijo parmesão ralado (opcional)
Sal e pimenta do reino a vontade

Para cortar o chuchu, a forma mais fácil é encher uma tigela grande com água e mergulhar o chuchu e as mãos. Descasque e corte o chuchu em cubos ainda embaixo da água. Isso evita que o sumo deixe as mãos grudentas.

Coloque os cubos de xuxu em uma panela, cubra com água e tempere com uma pitada de sal. Leve ao fogo alto e deixe cozinhar por cerca de 5 minutos após começar a ferver.

Enquanto isso, aqueça outra panela e derreta a manteiga. Refogue a cebola por cerca de 3 minutos até ficar transparente. Dissolva a maisena no leite e jogue sobre o refogado, mexendo sempre até começar a engrossar e formar um molho. Tempere com as ervas, sal e pimenta do reino. Desligue o fogo e envolva metade do queijo nesse molho até ele derreter completamente.

Coloque o chuchu em um refratário ou assadeira pequena, cubra com o molho e salpique o restante do queijo por cima e, se quiser, leve ao forno preaquecido bem quente para gratinar.

Sirva em seguida.

Estas quantidades rendem duas porções como acompanhamento.

 

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

O que você achou? Tem alguma dúvida? Fez e quer comentar? Fique a vontade para escrever também.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


@CozinhandoPara2ou1 no Instagram

%d blogueiros gostam disto: