Você está aqui:  / Arroz e Risotos / Como fazer / Doces, bolos e sobremesas / Microondas / Como fazer arroz doce no micro-ondas

Como fazer arroz doce no micro-ondas

ArrozDoceNoMicro_CozinhandoPara2ou1

Arroz doce é uma das minhas sobremesas preferidas, sempre tinha na geladeira da casa da Vó Nair. Mas depois que ela se foi, acho que nunca mais fizemos, minha mãe e eu. Aliás, poucas foram as vezes que comi um bom arroz doce.

Aí em casa com minha mãe se recuperando da cirurgia, ela cismou que queria um doce. Dei uma geral na geladeira, nos armários e, como não costumamos ter “besteiras” em casa para evitar a tentação, não achei nada. Mas me lembrei do arroz doce, feito com ingredientes simples e que sempre tem na despensa.

Botei tudo na panela e, antes que a fervura levantasse, percebi que o gás acabou. Como sou brasileira e não desisto nunca, botei tudo no micro-ondas e torci para dar certo. E não é que deu? Muito mais rápido e fácil de fazer do que com o método tradicional. É claro que viria para cá, né? 🙂

Como fazer arroz doce no micro-ondas

1 xícara de arroz
1 xícara de água
2 xícaras de leite
1 lata de leite condensado
2 pedaços de canela em pau
3 cravos
1 colher de chá de canela em pó (opcional)

Em um refratário grande que possa ir ao micro-ondas, coloque o arroz, a água e o leite. Misture, junte a canela e o cravo e leve ao micro-ondas por 10 minutos.

Dica: fique atento pois, se o refratário não for muito alto, pode transbordar quando ferver (para evitar, pause o tempo até que a espuma abaixe e ligue novamente).

ComoFazerArrozDoceNoMicro_CozinhandoPara2ou1

Misture bem e retorne por mais 4 minutos. Retire do micro-ondas, coloque o leite condensado, mexa novamente e retorne por mais 4 minutos.

Retire, adicione a canela em pó (se for usar) e misture mais uma vez. Espere esfriar por pelo menos 10 minutos para que o arroz termine o cozimento e absorva mais o caldo.

Sirva quente ou gelado. Conserve sempre na geladeira, em pote bem fechado, por até 5 dias.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados ( obrigatório )

três × 4 =

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram