Você está aqui:  / Acompanhamentos / Sem glúten / Sem lactose / Vegana / Vegetais / Vegetariana / Batatas à Hasselback (batatas laminadas à moda sueca)

Batatas à Hasselback (batatas laminadas à moda sueca)

BatatasAHasselback_CozinhandoPara2ou1

Já disse algumas vezes que com este blog não existe a pretenção de me tornar chef. Amo cozinhar, estar na cozinha e fazer as pessoas felizes com as minhas comidinhas, mas é um hobby, uma paixão que eu uso para esquecer dos problemas do dia a dia, da correria, do estresse. A cozinha é meu esconderijo, onde ninguém consegue me atrapalhar.

Talvez seja justamente por isso que nunca tive a vontade de transformar isso em uma responsabilidade ou profissão; gosto de cozinhar por amor, quando estou com vontade e inspirada para isso. Portanto, não deve ser um compromisso com cobranças e tudo mais o que está incluído nesse pacote.

O que garante meu salário no fim do mês é a Comunicação — apesar de também amar o que faço, é isso o que estudei e me preparei para fazer bem e ser paga por isso. Ou seja, “quando não estou cozinhando”, trabalho para uma empresa sueca. E, depois de algum tempo nesse emprego, fui conhecer a matriz para uma convenção e uma série de reuniões. Fiquei em uma cidade linda chamada Helsingborg, na região de Scania ou Scane, no sul do país. Aí obviamente acabei aproveitando a oportunidade para experimentar umas comidinhas típicas por lá.

Foi então que descobri que essas lindas Batatas à Hasselback são uma invenção sueca, criada em Estocolmo, em um restaurante chamado Hasselbacken lá pelos anos de 1700. E elas são tão belas e gosto tanto deste acompanhamento que juro que não sei como ainda não tinha trazido esta receita para cá! Mas aqui está ela: linda, deliciosa e com uma dica super especial para prepará-la sem erro. Aproveite!

Batatas à Hasselback (batatas laminadas à moda sueca)

Batatas médias
Manteiga derretida ou azeite (+/- meia colher de sopa por batata)
Alecrim fresco
Queijo parmesão ralado ou fatias de queijo (muçarela, provolone, prato, brie etc.) – opcional
Sal e pimenta do reino a vontade

As quantidades vão depender do número de pessoas ou do tamanho da fome, mas o ideal é calcular mais ou menos 1 batata por pessoa como acompanhamento — escolha as médias e com formato mais homogêneo.

Lave bem as batatas, usando uma esponjinha para tirar a sujeira. Enxugue-as e, se for fazer mais de uma batata, deixe uma tigela cheia de água gelada e com um pouco de sal.

Comece cortando uma fatia bem fina de um dos lados da batata para fazer uma base, que a deixe bonitinha em pé.

Agora vem o segredo: cortar fatias fininhas sem chegar até a base. O método tradicional para isso é colocar a batata em uma colher grande (daquelas de servir arroz), mas eu prefiro usar dois apoios laterais. Podem ser os cabos de duas colheres de pau iguais, mas eu prefiro usar hashis (palitinhos para comida japonesa, daqueles descartáveis mesmo que a gente quebra a parte de cima para separar em dois), que são mais baixinhos, têm a mesma altura e deixam as fatias mais bonitas.

Apoie-os ao lado da batata e com uma faca bem afiada corte fatias similares e paralelas (os palitinhos vão evitar que o corte chegue até a base da batata e as fatias se soltem). Quanto mais fininhas forem as fatias, mais bonita fica a batata.

Se for cortar mais batatas, vá colocando as já cortadas na tigela com água.

ComoFazerBatataHasselback_CozinhandoPara2ou1

Enxugue cada batata e coloque-a sobre uma assadeira untada com um pouco de manteiga ou um fiozinho de azeite. Regue as batatas com a manteiga derretida ou azeite, abrindo um pouquinho as fatias para que entre entre elas. Tempere com sal e pimenta do reino e coloque um raminho de alecrim sobre cada uma.

Dica: Se as fatias estiverem se soltando, embrulhe a batata em papel alumínio, assim elas ficam juntinhas.

Leve ao forno preaquecido em 180ºC por mais ou menos 35 minutos. Retire do forno, regue com mais um pouquinho de manteiga ou azeite, salpique o queijo ralado ou coloque as fatias de queijo entre as fatias da batata. Eu usei queijo brie para deixar o prato mais especial para o almoço de Dia das Mães. Se quiser, complemente com fatias de bacon, de presunto, de salame etc.

Retorne as batatas ao forno por mais uns 15 a 20 minutos, até que a casca fique douradinha e crocante e o queijo derreta. O miolo da batata deve ficar bem macio, quase cremoso.

Retire do forno e sirva em seguida. Fica uma delícia para acompanhar uma carne (bovina, suína, de frango etc.) assada ou com molho. Ou então um lindo estrogonofe (que pode até ser vegetariano!).

Smaklig måltid! Ou, se preferir, bom apetite! 🙂

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados ( obrigatório )

15 − dez =

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram