Você está aqui:  / Doces, bolos e sobremesas / Bolo de gengibre com mel

Bolo de gengibre com mel

img_20130719_1845061.jpg

Logo depois que criei o blog, minha amiga Vica fez um bolinho que me chamou a atenção: ingredientes interessantes e, o melhor, em pouca quantidade. Óbvio que pedi a receita, mas acabei me esquecendo dela. Aí veio o frio e, com ele, aquela vontade de comer alguma coisinha gostosa aà tarde — quero bolo! Finalmente experimentei e me apaixonei.

1 1/4 de xícara de farinha de trigo (usei da integral)
1/2 colher de chá de bicarbonato de sódio
1/2 colher de chá de fermento em pó
1 pitada de sal
1 ovo
6 colheres de sopa de mel
1/4 xícara de manteiga derretida
1 colher de sopa de gengibre ralado
6 colheres de sopa de açúcar (comum ou mascavo)

Misture bem os ingredientes, batendo bastante (a massa fica mais grossinha mesmo, porque não vai leite nem água). Fiz com farinha integral e, para não ficar muito compacta, peneirei duas vezes a farinha, retornando os resíduos para a tijela. Em seguida, coloque em uma forma de pão média (a massa deve preencher a forma até a metade dela, no máximo). Na receita da Vica, ela dizia que não precisava untar e a massa grudou um pouco no fundo da minha assadeira — da próxima vez, vou passar só um pouquinho de manteiga só para garantir.

Coloque a forma de pão com o bolo em cima de uma assadeira de pizza e leve para assar em forno pré-aquecido em 220ºC. Vá observando, mas leva mais ou menos uns 20 minutos para ficar pronto. Quando achar que está ficando pronto, abaixe a temperatura do forno para 180 graus e espere mais uns 5 minutos. Use um palito para ver se ficou pronto (enfie na massa, se voltar sequinho, o bolo está pronto).

Para a foto, coloquei um pouquinho de mel e de gengibre ralado por cima do bolo. Ficou uma delícia!

img_20130719_184233-2.jpg

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados ( obrigatório )

cinco × 1 =

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram