Você está aqui:  / Doces, bolos e sobremesas / Segunda Sem Carne / Sem lactose / Vegana / Vegetariana / Sagu de coco

Sagu de coco

Sagu de coco é uma sobremesa super saborosa e facílima de fazer. Feita apenas com ingredientes bem brasileiros e nada de invencionice, de superalimentos, de mágica ou milagre, é naturalmente sem lactose, sem glúten e vegana.

Na receita vão somente as bolinhas de sagu, leite de coco, canela em pau, cravo um pouco de açúcar, água e o coco fresco ralado (ok, se não tiver pode ser o de saquinho mesmo, vai!). Só isso. E precisa de mais alguma coisa?

Dia desses peguei um potinho de canjica no refeitório da empresa em que trabalho e surpresa! Não era canjica, era um sagu feito com leite. Como tenho intolerância à lactose, a escolha do leite de coco pareceu óbvia e ficou ótima. Esta receita eu lembro de ter visto em algum lugar — não sei por que ela me remete à chef Carla Pernambuco, mas posso estar bem enganada.

Enfim, para fazer um charme na foto, usei tiras de coco tostadinhas mas na verdade nem precisava.

Sagu de coco

1/3 de xícara de sagu
1 xícara de leite de coco
1 e 1/2 xícara de água
2 a 4 colheres de sopa de açúcar
1 pedaço de canela em pau
2 cravos da Índia
1/2 xícara de coco ralado
Tiras de coco tostado para enfeitar (opcional)

Coloque o sagu em uma tigela, cubra com água filtrada e deixe de molho por pelo menos 1 hora.

Escorra a água e coloque o sagu em uma panela. Junte o leite de coco, a água, a quantidade de açúcar conforme preferir (eu uso sempre o demerara e só 2 colheres mesmo), a canela em pau e o cravo, misture bem e leve ao fogo baixo.

Quando ferver, junte o coco ralado e deixe cozinhar por 10 minutos, mexendo de vez em quando para não pegar no fundo. Prove e, se precisar, ajuste o açúcar ou acrescente canela em pó.

Coloque em um pote bem fechado e mantenha na geladeira por até 3 dias (fique atento pois, se usar o coco fresco, ele pode azedar antes disso).

Na hora de servir, enfeite com tirinhas de coco (use o descascador de legumes para tirar as fatias bem finas e toste rapidamente na frigideira até começar a dourar).

Estas quantidades rendem cerca de 4 porções.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

O que você achou? Tem alguma dúvida? Fez e quer comentar? Fique a vontade para escrever também.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram

%d blogueiros gostam disto: