Você está aqui:  / Doces, bolos e sobremesas / Pudim de café

Pudim de café

Pudim é bom demais. Já postei algumas receitas deliciosas aqui, mas esta, de pudim de café, realmente me impressionou. O docinho do leite condensado continua ali, mas o sabor do café, mais intenso e amargo, equilibra tão bem e faz com que não fique enjoativo. Consequentemente, é quase impossível resistir a repetir a sobremesa!

Arrisco dizer que é um dos doces mais deliciosos que já provei até hoje — e por favor considere meu histórico de formiguinha. Fácil de fazer, é uma opção certeira para agradar aos amantes das sobremesas. E de café, com toda certeza.

Aproveite para escolher um café um pouquinho mais especial, com uma torra não muito escura, e surpreenda-se com o resultado!

Esta receita é uma leve adaptação da criada pela Alê Luvisotto para a revista Expresso.

Pudim de café

Para o pudim:
1 lata de leite condensado
2 medidas da lata de creme de leite fresco
4 ovos
8 colheres de sopa de café passado (forte)

Para a calda:
2 xícaras de açúcar
4 colheres de sopa de café passado

Preaqueça o forno em 180ºC.

Na forma de pudim (média, 22cm. de diâmetro), coloque o açúcar com o café da calda. Sem misturar, leve ao fogo baixo e espere derreter. Quando a calda começar a engrossar e ficar com cor de caramelo, desligue o fogo e, com muito cuidado, segure a forma com um pano de prato e vá girando a forma para espalhar a calda por toda a superfície. Reserve.

Coloque bastante água em uma panela ou leiteira e leve ao fogo alto para ferver.

Em uma tigela, junte os ingredientes do pudim e misture bem. Se preferir, bata rapidamente no liquidificador.

Despeje a mistura do pudim dentro da forma caramelada, cubra com papel alumínio e coloque-a sobre uma assadeira vazia. Leve a assadeira com a forma ao forno e, com ela já dentro do forno, encha a assadeira com a água fervente (até alcançar metade da forma do pudim). O pudim será assado em banho-maria.

Conte 50 minutos e desligue o forno. Retire a assadeira com cuidado para não se queimar com a água. Lembre-se que, ao levantar o papel alumínio, vai subir vapor quente.

Espere o pudim esfriar e deixe-o na geladeira por pelo menos umas 2 horas antes de desenformar. Retire da geladeira cerca de 15 minutos (se precisar, aqueça o fundo da forma por 1 a 2 minutos na boca do fogão para facilitar na hora de desenformar).

Estas quantidades rendem um pudim de café médio (entre 6 e 8 pedaços).

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

4 Comentários

  • Viviane Santana

    /

    Vai ovo?

  • Viviane Santana

    /

    Ah, e pode ser feito com o creme de leite em lata?

  • Luciana Carpinelli

    /

    Viviane, não recomendo o creme de leite em lata. Você pode até tentar usar mas o resultado vai ficar diferente (e, dependendo da marca, o pudim pode até não ficar firme para desenformar).

O que você achou? Tem alguma dúvida? Fez e quer comentar? Fique a vontade para escrever também.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram

%d blogueiros gostam disto: