Você está aqui:  / Segunda Sem Carne / Vegana / Vegetais / Vegetariana / Karê de legumes (curry japonês)

Karê de legumes (curry japonês)

Karê Raisu (ou karê com arroz), embora seja inspirado na culinária indiana, é uma receita tipicamente japonesa. Um ensopado de legumes com curry, super saboroso, que pode levar também carne bovina ou frango. Ideal para esquentar nesse friozinho, não acham?

Pois bem, fazia um bom tempo que eu estava querendo preparar um Karê de legumes, mas sempre que eu conversava com alguém sobre isso me falavam que era super fácil: basta comprar aqueles tabletes que vendem na Liberdade! Mas é óbvio que eu não queria fazer isso, né?

Tirando o glutamato monossódico que sempre aparece em exagero nesses temperos prontos, ainda tem tantos corantes, conservantes, acidulantes e -antes químicos que eu já passo mal só de pensar! Por isso eu acabava desanimando e deixando essa ideia pra lá.

Aí fui dia desses com a Vivian França, do blog Francinha Cooks, passear na Liberdade e comemos um delicioso Karê de legumes com peixe empanado e eu morri de vontade de trazer um tablete daqueles para casa. Felizmente resisti e voltei só com a vontade reforçada. Dias depois, a Vivian publicou um Curry de couve flor lindão com a mistura de especiarias que ela mesmo fez e foi o estalo que eu precisava.

Fiz uma pesquisa e finalmente encontrei uma receita que não usava os tais tabletes no blog da Marisa Ono. Foi ela que serviu de base para esta minha adaptação do Karê de legumes mais caseiro que eu já vi.

Para quem não sabe, o curry é um dos temperos mais antigos do mundo e o mais curioso é que não existe uma fórmula padrão para produzí-lo. Cada família indiana possui seu próprio ritual e sua receita particular, geralmente secreta, que pode ser composta por mais de 70 especiarias e plantas diferentes! É justamente daí que vem a explosão de sabor super especial que ele proporciona aos pratos, já que para ser chamada de curry, a mistura precisa ter pelo menos nove especiarias, entre elas coentro, cominho e pimentas.

Aí embaixo conto como preparei meu próprio curry mas, se você preferir pular esta etapa, pode usar um curry comprado pronto — só não me vai usar aqueles tabletes, hein? 😉

Karê de legumes (curry japonês)

2 colheres de sopa de farinha de trigo
1 a 2 colheres de sopa de curry em pó (a vontade)
1 colher de sopa de manteiga
1 cebola média picada
2 dentes de alho
1/2 cenoura média em cubos pequenos
1 batata doce ou inglesa média em cubos pequenos
1/4 de xícara de ervilhas frescas ou congeladas
1 e 1/2 xícara de caldo de legumes (veja AQUI como fazer em casa)
1 colher de sopa de shoyu
2 colheres de sopa de sakê
Sal a vontade

Para o curry caseiro:
1/2 colher de café de sementes de cominho
1/2 colher de café de sementes de coentro
1/2 colher de café de sementes de mostarda
1/2 colher de café de urucum
1 colher de café de gengibre em pó
1 colher de café de cúrcuma em pó ou açafrão da terra
1 colher de café de páprica (picante ou doce)
3 grãos de pimenta do reino preta
1 baga de cardamomo (apenas as sementes)
1 pedaço pequeno de canela em pau
1 pitada de sementes de erva doce
1 pitada de pimenta calabresa

Se for fazer seu próprio curry, comece por ele. Em uma frigideira sem nenhum tipo de gordura, aqueça os ingredientes do curry sem deixar tostar, misturando de vez em quando. Passe para um pilão e vá batendo até ficar tudo em pó, bem misturado. Se preferir, use um mini processador de alimentos. Conserve em um pote bem fechado.

Dica: não existe uma receita exata de curry, portanto você pode usar os temperos e especiarias que preferir ou que tiver ao seu alcance, preparando sua própria mistura, mais ou menos apimentada.

O preparo do prato começa com a farinha de trigo sendo tostada também em uma frigideira sem gordura. Vá mexendo para não queimar. Ela deve ficar douradinha. Junte o curry e misture bem (e aqui a quantidade vai depender de quão intenso é o curry que você vai usar — coloque aos poucos e vá experimentando para controlar o sabor de acordo com sua preferência). Reserve.

Derreta a manteiga em uma panela e coloque a cebola para refogar. Quando ela estiver transparente, adicione o alho e continue refogando por mais uns 2 ou 3 minutos em fogo baixo, sem deixar dourar.

Adicione a cenoura, a batata, as ervilhas, misture e regue com o caldo de legumes. Deixe cozinhar, com a panela aberta, até que a batata esteja cozida mas ainda firme (o tempo vai depender do tamanho dos cubos da batata mas deve ser algo entre 10 e 15 minutos).

Enquanto isso, junte o shoyo e o sakê com a farinha com curry, misturando bem para dissolver todos os gruminhos.

Quando a batata estiver cozida, junte a mistura de curry. Sem parar de mexer, espere engrossar até formar um molho mais espesso, cremoso. Se engrossar demais, é só acrescentar um pouquinho de água.

Sirva seu karê de legumes em seguida com arroz branco ou gohan com um pouquinho de gergelim salpicado por cima.

Estas quantidades servem duas boas porções.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

1 Comentário

  • Silmar Herculano de Souza

    /

    Adorei conhecer sua página e estou encantada com suas dicas e orientações; parabéns pelas descobertas e estudos e agradecida pelas receitas saudáveis que nos proporciona , bjss e muito obrigada !!!

O que você achou? Tem alguma dúvida? Fez e quer comentar? Fique a vontade para escrever também.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram

%d blogueiros gostam disto: