Você está aqui:  / Segunda Sem Carne / Vegana / Vegetais / Vegetariana / Legumes ao molho oriental

Legumes ao molho oriental

Um molho preparado com ingredientes tradicionais da culinária oriental transformam qualquer coisa em um prato interessante. Neste caso, cenoura, brócolis, couve flor (que eu nem gosto), acelga, repolho e quiabo viram um acompanhamento especial que substitui os legumes refogadinhos de sempre ou ainda se combinam e resultam em um molho interessante para envolver um macarrão ou até mesmo o arroz branquinho.

É uma ótima dica para um almoço ou jantar rápido durante a semana, além de ser uma variação super saudável para inovar no cardápio. E o mais legal: você pode fazer a receita em dobro e servir um dia como acompanhamento do arroz com feijão, por exemplo, e depois como molho de massa para yakissoba.

Ah! E cai super bem também na quentinha. É só deixar os legumes bem crocantes que eles terminam de cozinhar na hora de esquentar a sua marmita, seja no microondas ou no banho-maria.

Aproveite a dica e já coloque-a em prática nesta semana. 😉

Legumes ao molho oriental

1 colher de sopa de óleo de gergelim torrado (ou outro óleo vegetal)
1 dente de alho bem picadinho
1 colher de chá de gengibre ralado
1/4 xícara de saquê mirin ou de água
1/2 xícara de molho shoyo
1 cenoura média rodelas finas ou em cubos
+/- 1/2 xícara de brócolis separado em floretes
+/- 1/2 xícara de couve flor separada em floretes
+/- 1/4 xícara de folhas de acelga em tiras largas
+/- 1/4 xícara de folhas de repolho em tiras largas
+/- 1/4 xícara de quiabo em rodelas não muito finas
1 colher de sopa de maisena dissolvida em 3 colheres de sopa de água
Sal a vontade

Aqueça o óleo em uma panela alta e refogue o gengibre e o alho, sem dourar. Adicione, então, o shoyo, o saquê ou a água, junte os legumes, misture bem e deixe ferver um pouco até as folhas começarem a amolecer.

Dissolva a maisena nas colheres de água e coloque na panela, mexendo para não empelotar. O molho deve engrossar e ficar brilhante; a cenoura deve estar ainda crocante. Prove e, se precisar, corrija o sal.

Se quiser, sirva com arroz branco ou macarrão (de preferência bifum ou para yakisoba) para que o molho os envolva.

Esta quantidade serve duas boas porções.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

1 Comentário

  • Heide

    /

    Estou amando as receitas. São fáceis, nutritivas e deliciosas. Obrigada.

O que você achou? Tem alguma dúvida? Fez e quer comentar? Fique a vontade para escrever também.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram

%d blogueiros gostam disto: